27 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSesimbraSesimbra celebra Carnaval com espectáculos simbólicos em alternativa aos tradicionais desfiles

Sesimbra celebra Carnaval com espectáculos simbólicos em alternativa aos tradicionais desfiles

Actividades decorrem entre o Parque Augusto Pólvora e o Parque da Vila. Autarquias, escolas de samba e grupos de axé desenharam o programa

 

- PUB -

Sesimbra assinala o Carnaval com espectáculos simbólicos organizados pelas escolas de samba e grupos de axé do concelho no Parque Augusto Pólvora, na Maçã, e no Parque da Vila, na Quinta do Conde, sem esquecer um conjunto de actividades paralelas do qual faz parte um palco móvel que percorrerá as ruas das freguesias de Santiago e do Castelo e o já tradicional concurso infantil de fantasias.

A programação arranca já este sábado, pelas 15h00, no Parque da Vila, com actuações do Grupo Recreativo Escola de Samba Batuque do Conde e do Grupo Recreativo Escola de Samba Corvo de Prata.

“Na Quinta do Conde não temos uma cultura carnavalesca como existe em Sesimbra mas temos no nosso território duas escolas de samba, que trouxeram a tradição para a nossa freguesia e criaram estes projectos que integram igualmente os desfiles de Carnaval sesimbrense”, começa por dizer Carlos Pólvora, presidente da Junta quintacondense, a O SETUBALENSE.

- PUB -

“O nosso desfile, que não passa apenas pelas escolas de samba, é uma espécie de mistura, teve de ser interrompido devido à pandemia e este ano, dada a antecedência com que foi necessário tomar uma decisão, foi decidido que não seriam realizados os habituais desfiles. Agora, com o levantamento das restrições, se a decisão tivesse sido tomada mais recentemente talvez fosse diferente”, admite.

No sábado, as duas escolas da Quinta do Conde vão, assim, fazer alguns apontamentos carnavalescos no Parque da Vila, com a novidade da iniciativa “Samba fit”, trazida pelo GRES Batuque do Conde.

“Consideramos importante manter a tradição. Não tem o mesmo impacto que em Sesimbra mas temos sempre muita gente pelas ruas e nunca iremos prescindir disso”, partilha, acrescentando que a ideia passa por “fazer ainda mais e melhor, não numa cópia de Sesimbra mas sim numa mistura de Carnaval onde todos podem participar, com os seus fatos e brincadeiras, incluindo também as nossas escolas”.

- PUB -

O contexto de pandemia impediu a preparação dos desfiles, que implicam vários meses de trabalho de centenas de voluntários, e levou as escolas de samba, os grupos de axé e a Câmara Municipal a optarem, em conjunto, pelo seu cancelamento.

Esta comemoração, ainda que simbólica, recupera, de acordo com o município sesimbrense, “alguns dos fatos de 2020 para assinalar uma época com grande significado para a comunidade e homenagear os protagonistas de um dos mais populares desfiles de Carnaval do País”.

Para além das duas escolas de samba quintacondenses, a organização está a cargo das escolas de samba e grupos de axé Tripa Cagueira Associação, Tripa Mijona, GRES Unidos da Vila Zimbra, GRES Saltaricos do Castelo, GRES Trepa no Coqueiro, GRES Bota e Associação Recreativa Bigodes de Rato, com o apoio da Câmara Municipal de Sesimbra e das três juntas de freguesia.

Para assistir à animação de Carnaval no Parque Augusto Pólvora, domingo e terça-feira, o bilhete é gratuito, mas de levantamento obrigatório para maiores de três anos, que deve ser realizado no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra, de quarta-feira a domingo, das 16h00 às 20h00, ou junto das escolas de samba e grupos de axé participantes.

Os bilhetes levantados terão que ser trocados por pulseiras de acesso na entrada do Parque Augusto Pólvora nos dias do espectáculo, a partir das 12h00. Caso não sejam levantados todos os bilhetes disponíveis no Cineteatro Municipal João Mota, os mesmos serão disponibilizados domingo e terça-feira no Parque Augusto Pólvora, a partir das 12h00.

A entrada é livre para assistir ao concurso infantil de fantasias no Parque Augusto Pólvora e à animação no Parque da Vila. Em 2021 o Carnaval de Sesimbra não saiu à rua, atendendo às medidas do estado de emergência em que o País se encontrava devido à pandemia de covid-19.

Em alternativa, foram transmitidas, desde sábado até terça- -feira, através das redes sociais da Câmara Municipal, as imagens dos desfiles de 2020.

Programação De 26 de Fevereiro a 1 de Março

26 Fev | sábado | 11h00 – Concurso infantil de fantasias no Parque Augusto Pólvora, na Maçã

26 Fev | sábado | 15h00 – Espectáculo com as escolas de samba GRES Batuque do Conde e GRES Corvo de Prata no Parque da Vila, Quinta do Conde com organização JF Quinta do Conde e apoio CM Sesimbra

27 Fev e 1 Mar | domingo e terça-feira | 14h00 – Animação com Djohnnyday e espectáculos com as escolas de samba e grupos de axê Tripa Associação, Tripa Mijona, GRES Unidos da Vila Zimbra, GRES Saltaricos do Castelo, GRES Trepa no Coqueiro, GRES Batuque do Conde, GRES Bota, GRES Corvo de Prata e Associação Recreativa Bigodes de Rato no Parque Augusto Pólvora, na Maçã

28 Fev | segunda-feira | 14h00 – Concerto em palco móvel pela Tripa Associação nas freguesias do Castelo e de Santiago, com o percurso: Parque Augusto Pólvora, Avenida Dom Manuel Martins, Rua da Cotovia, Rua da Charneca, Avenida João Paulo II, Santana, Corredoura, Zambujal, Alfarim, Corredoura, Alfarrobeira, Frango à Guia, Avenida dos Náufragos, Avenida 25 de Abril, Praça da Califórnia e termina na Rua Professor Dr. Fernandes Marques.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem de 16 anos morre colhido por touro nas Festas da Moita

Vítima foi transportada em estado crítico para o Hospital do Barreiro, mas acabou por não resistir aos ferimentos

Sonae Capital vende hotéis em Tróia

Apesar do negócio, multinacional mantém gestão do Aqualuz Tróia Mar&Rio e do The Editory By The Sea Tróia-Comporta

Bilhete de época para atrair mais vitorianos ao Bonfim em 2022/23

Sadinos avançam com medida para terem mais sócios no estádio nos jogos da Liga 3
- PUB -