6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSesimbraMais de 240 casos por 100 mil habitantes levam Sesimbra a recuar...

Mais de 240 casos por 100 mil habitantes levam Sesimbra a recuar no desconfinamento

As novas regras estão em vigor desde sexta-feira

 

- PUB -

Por manter uma incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes, Sesimbra recuou no desconfinamento. As regras em vigor desde dia 18, sexta-feira, são as que se verificavam antes da primeira fase da actual estratégia de desconfinamento.

Desde que se verificou a subida súbita do número de infecções covid-19 no concelho, há cerca de duas semanas, de 103 para 260, comparativamente aos restantes concelhos da Área Metropolitana de Lisboa, a Câmara Municipal, em articulação com a Comissão Municipal de Protecção Civil, colocou de imediato em prática um plano de contingência.

O plano incluiu um programa de testagem massiva, desde a semana passada, nos sectores mais afectados, dos quais são exemplos a comunidade piscatória e outros trabalhadores que operam no Porto de Sesimbra, numa iniciativa conjunta da autarquia e da Docapesca, com o apoio das organizações do sector, e a comunidade educativa nos diversos graus de ensino.

- PUB -

Apesar de nos encontrarmos no final do ano lectivo, a autarquia justifica que “o meio escolar é uma forma de se conseguir chegar a um número elevado de alunos e assim obter um retrato mais fidedigno da situação nesta faixa etária”. Para proceder a esta testagem, cujo processo se iniciou logo após o conhecimento da subida dos valores no município, foi necessário criar registos de pessoas a testar, recolher autorizações de encarregados de educação, contratar enfermeiros, organizar equipas de apoio e instalar toda a logística necessária ao processo.

Entre as medidas estão ainda a redução dos horários do comércio, manutenção de teletrabalho nos serviços municipais, cancelamento de actividades susceptíveis de gerar ajuntamentos e reforço de informação na via pública. Ao mesmo tempo, a autarquia exigiu aos ministros da Administração Interna e da Defesa o reforço das forças de segurança no concelho, pelo menos nos pontos de maior circulação.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Colisão contra portagens na A2 em Coina causa vítima mortal

Viatura bateu contra os pórticos das portagens e acabou por se incendiar

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima
- PUB -