3 Outubro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSesimbraConcurso para concessão do Santuário do Cabo Espichel é lançado na terça-feira

Concurso para concessão do Santuário do Cabo Espichel é lançado na terça-feira

Na próxima terça-feira, dia 18, pelas 10h00, é lançado o concurso para a concessão do Santuário do Cabo Espichel.

- PUB -

 

A sessão, que terá lugar na Igreja do Santuário do Cabo Espichel, conta com a presença do Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, do presidente da Câmara Municipal, Francisco Jesus, da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques,e do Bispo de Setúbal, D. José Ornelas Carvalho. No final da sessão terá lugar uma breve visita guiada ao santuário e à sua envolvente.

 

- PUB -

O Santuário do Cabo é um dos 49 imóveis inscritos no Revive – programa conjunto dos Ministérios das Economia, das Finanças, da Defesa e da Cultura, com a colaboração das autarquias locais e a coordenação do Turismo de Portugal, que pretende valorizar e recuperar o património devoluto, reforçar a atractividade dos destinos regionais e o desenvolvimento de várias regiões do país.

 

O município sesimbrense diz que “nos últimos anos, tem feito tudo o que está ao seu alcance para conseguir recuperar o conjunto edificado do Santuário do Cabo Espichel”. Em 2008, estabeleceu um acordo com o proprietário dos terrenos na envolvente, que permitiu avançar com as primeiras obras de estabilização do edificado e arranjo dos espaços exteriores em muitos anos. Posteriormente, recuperou e restaurou a Casa de Água e, em paralelo, desenvolveu vários contactos no sentido de tomar posse da Ala Norte, propriedade do Estado, “o que só viria a ser possível através da aquisição do imóvel por 321 mil euros à Direcção-Geral do Tesouro e das Finanças”.

- PUB -

 

Mais recentemente, no âmbito de uma candidatura, a Câmara Municipal de Sesimbra requalificou o aqueduto setecentista e partes do recinto da Casa de Água, intervenção que incluiu também o reordenamento do estacionamento no local. De acordo com a autarquia, “a integração do Santuário no programa Revive é mais um passo nesse sentido”, uma vez que permite que o Cabo Espichel “entre numa plataforma abrangente, com mais visibilidade perante os possíveis investidores nacionais e estrangeiros e que, para além disso, dá acesso a uma linha de financiamento de 150 milhões de euros para apoio ao investimento privado”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima
- PUB -