10 Maio 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Sesimbra Jovens da região desafiados a dinamizar Festival da Liberdade

Jovens da região desafiados a dinamizar Festival da Liberdade

Interessados podem promover iniciativas de música, dança, teatro, cinema, artes visuais, desporto ou debates

 

- PUB -

A Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS) está a promover uma campanha que visa desafiar os jovens e as associações juvenis deste território “a dinamizar os espaços, as iniciativas e os conteúdos que vão integrar a edição de 2021 do Festival Liberdade”, a ter lugar a 2 e 3 de Julho na Quinta do Conde, Sesimbra.

Intitulada “Constrói o teu festival”, esta campanha permite aos interessados “participarem, individualmente ou em grupo, com animações ou iniciativas nas áreas de música, dança, teatro, cinema, artes visuais, actividades desportivas, debates ou outras sugestões”, explica o Gabinete de Comunicação da AMRS, em nota de Imprensa.

De acordo com a mesma nota, “as associações juvenis, os grupos informais de jovens, podem integrar o espaço denominado Mostra Associativa, com stand expositivo, tendo nele a oportunidade de dar visibilidade à actividade, aos projectos e visão de cada uma delas”.

- PUB -

As inscrições “encontram-se a decorrer até 14 de Maio, são gratuitas, e podem ser submetidas através da página oficial do Festival Liberdade em https://www.festivalliberdade.pt/constroi-o-teu-festival/”. Ou, em alternativa, entregues “nos serviços de juventude dos municípios que integram a AMRS, nomeadamente, Alcácer do Sal, Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Santiago do Cacém, Seixal, Sesimbra e Setúbal”, adianta o gabinete de comunicação.

O evento está planeado para a Quinta do Conde – local onde estava previsto realizar-se no ano passado, o que acabou por não acontecer devido à conjuntura pandémica – e já tem parte principal da programação definida. Branko, Dino D’Santiago, Estraca, Linda Martini, Pista, Stereossauro e Valete foram já dados a conhecer, pela organização, como cabeças-de-cartaz desta edição.

Setúbal detém recorde de afluência

- PUB -

O último festival realizou-se, em 2019, no Centro Equestre de Santo André, em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém, durante três dias – o certame “cresceu” um dia nessa edição. E registou, segundo os números então revelados pela organização, mais de 15 mil pessoas.

O registo de público alcançado no litoral alentejano ficou abaixo de todas as edições subsequentes à da estreia, que não teve essa contabilidade apurada e que ocorreu em 1994 no Seixal. Após a primeira edição, o Festival da Liberdade sofreu um interregno de uma década, regressando em 2014 na Moita, por onde passaram 20 mil visitantes.

A partir desse ano, o certame tem vindo a ganhar dimensão, com aumentos consideráveis de público até à edição de 2018 em Alcochete (35 mil visitantes). A mais concorrida teve lugar em Setúbal em 2017, onde foi registada uma afluência de 60 mil pessoas. Para trás ficara, em 2015, um regresso do festival ao Seixal, com 30 mil; e, em 2016, o palco foi o Barreiro onde marcaram presença 50 mil pessoas.

 

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Sindicato não aceita aumentos de salários propostos pela administração da Autoeuropa

Administração da fábrica da Volkswagen em Palmela quer acordo que prevê aumentos salariais a três anos em função da taxa de inflação, sindicato contesta

Empresa dedicada à comercialização de canábis chega a Setúbal com nova unidade no parque BlueBiz

Espaço servirá para pós-colheita da planta medicinal. Produtora escolheu a cidade sadina “por possuir excelentes acessibilidades e oferecer flexibilidade nas suas instalações”   A empresa Clever...
- PUB -