1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSeixalCâmara do Seixal planeia prolongamento da via alternativa à EN10 por 6,5...

Câmara do Seixal planeia prolongamento da via alternativa à EN10 por 6,5 milhões de euros

Uma construção com extensão de 1,94 quilómetros entre Corroios e Amora que está prevista estar concluída em 2024

 

- PUB -

A abertura de um novo concurso público para a execução da obra de prolongamento da via alternativa à Estrada Nacional 10 entre Corroios e Amora ficou acordada pelo valor de 6,5 milhões de euros, na reunião de Câmara do Seixal, realizada na quarta-feira.

A obra consiste na execução de uma rodovia com 1,94 quilómetros de extensão, sendo complementada com a criação de uma rotunda no final do troço na zona da Quinta da Princesa. A autarquia garante que o encargo será repartido ao longo de três anos, devendo os trabalhos ficar concluídos em 2024.

O Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, reforçou ser “essencial que a obra avance, pois é urgente descongestionar a Estrada Nacional 10 e, em particular, a zona de Corroios”.

- PUB -

Para o responsável, a autarquia “substitui o governo na criação de infra-estruturas essenciais ao desenvolvimento da comunidade”, assumindo “os gastos de uma obra que foi prometida por tutela, mas que nunca saiu da gaveta, tendo sido sucessivamente adiada”.

“Não podemos esperar mais tempo e iremos mesmo avançar com a respectiva execução do terreno”, declarou Joaquim Santos.

Na reunião de Câmara foi também aprovada uma comparticipação de 83.480 euros à Santa Casa da Misericórdia do Seixal para o apoio à execução do projecto de construção da futura Unidade de Cuidados Continuados, a surgir em terreno cedido pelo município.

- PUB -

Ao nível do associativismo, a autarquia aprovou a concessão de 100 mil euros para a construção do Pavilhão Desportivo Municipal Cidade de Amora para o Clube de Praticantes de Voleibol Lobatos Volley e ainda 50 mil euros para a execução das actividades referentes à 39.ª Seixalíada- edição 2022, levadas a cabo pela Associação das Colectividades do Concelho do Seixal.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -