29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSeixalSeixal desafia movimento associativo a aderir a sistemas solares fotovoltaicos

Seixal desafia movimento associativo a aderir a sistemas solares fotovoltaicos

Apoio financeiro a fundo perdido até 50% do investimento total, num montante máximo a atribuir de 4 500 euros

 

- PUB -

O movimento associativo do concelho do Seixal poderá ter acesso à instalação de sistemas solares fotovoltaicos para autoconsumo, um equipamento que conta com o “apoio financeiro da autarquia, a fundo perdido, até 50% do investimento total, num montante máximo a atribuir de 4 500 euros”, refere comunicado municipal.

A atribuição deste apoio vem na sequência do Projecto de Regulamento Municipal de Apoio ao Movimento Associativo no Município do Seixal para Instalação de Sistemas Fotovoltaicos, documento que foi publicado pela Câmara Municipal em Diário da República, a 1 de Outubro de 2019.

Acrescenta a autarquia que “qualquer instituição poderá, igualmente, contar com o apoio técnico gratuito da AMESEIXAL – Agência Municipal de Energia do Seixal, no decurso das várias fases de implementação do projecto, como a elaboração de caderno de encargos, o lançamento do concurso ou consulta de mercado, a avaliação técnica e económica das propostas recebidas e a preparação do contrato a celebrar com a empresa instaladora”.

- PUB -

A instalação de sistemas solares fotovoltaicos para auto produção “apresenta-se particularmente vantajosa para as instituições particulares de solidariedade social, associações e colectividades, uma vez que as mesmas têm ocupação permanente, praticamente durante todo o ano”.

Sustenta ainda a autarquia que estes sistemas, “além de reduzirem as emissões de gases com efeito de estufa, contribuindo para a descarbonização do concelho do Seixal”, permitem a “auto produção de energia” e, com isto, “reduzir significativamente a factura de electricidade”. Ou seja, oferece “uma maior sustentabilidade financeira de qualquer instituição”.

Segundo o cálculo da Câmara do Seixal, o tempo de “retorno do investimento poderá atingir os quatro anos, variando de acordo com a qualidade e características dos módulos fotovoltaicos e do inversor seleccionado”.

- PUB -

Para participação no desenvolvimento destes projectos e, posteriormente, na atribuição dos incentivos, “deverão as instituições interessadas efectuar um pedido de visita prévia aos locais onde pretendam instalar os sistemas solares fotovoltaicos, através do preenchimento de formulário online disponível nos Serviços Online”.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -