16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSantiago do CacémDormidas turísticas em Santiago do Cacém atingem “valores excelentes” em 2021

Dormidas turísticas em Santiago do Cacém atingem “valores excelentes” em 2021

Concelho registou 119.545 dormidas no ano passado, mais 34,8 por cento do que em 2020

 

- PUB -

Em 2021, o concelho de Santiago do Cacém voltou a atingir, de acordo com o município, “valores excelentes de dormidas turísticas”, com o registo de 119.545 dormidas. Este número representa um aumento significativo de 34,8 por cento em relação a 2020, que somou um total de 91.659 dormidas.

Este aumento é superior em Santiago do Cacém, comparativamente com o Alentejo Litoral, que atinge um aumento de 23,8 por cento, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em 2019, em período pré-pandemia, o concelho atingiu 116.143 dormidas turísticas. Estes são “sinais positivos” para a retoma do sector do turismo no concelho de Santiago do Cacém, “fruto da procura por parte de turistas nacionais e estrangeiros, e que também se reflectem pela estratégia que a Câmara Municipal tem desenvolvido com a promoção do território”.

- PUB -

Tal tem vindo a ser feito através de iniciativas como a presença na Bolsa de Turismo de Lisboa, a integração em embaixadas de promoção do concelho noutros países e a integração na Rota Vicentina, factor que atrai visitantes, principalmente do norte e centro da Europa.

Também a revisão do Plano Director Municipal possibilitou um considerável conjunto de investimentos nos últimos anos, nomeadamente, de turismo em espaço rural, que tem registado igualmente uma elevada procura, sem esquecer a requalificação urbana que, embora não se relacione directamente com o turismo, promove espaços bem qualificados e eleva a atractividade das cidades e vilas do concelho.

Encontro reúne agentes do sector para debater futuro

- PUB -

Todos estes temas estiveram em destaque no quarto Encontro de Agentes de Turismo do Município de Santiago do Cacém, realizado no início deste mês de Abril, no qual ficou assente a vontade de recuperar um dos sectores mais afectados pela pandemia.

Nas palavras de Álvaro Beijinha, presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, entidade promotora da iniciativa, “somos um concelho grande em área e percebemos, muitas vezes em conversas mais informais, que investidores não conheciam o território, não sabiam o que o concelho oferece nas diversas actividades e vertentes. Sentimos por isso a necessidade de organizar um encontro com estas características”.

Por considerar que “um destino turístico tem que se fazer pela oferta”, o encontro teve como principal objectivo reunir todos os agentes de turismo locais que contribuem para o dinamismo do sector, “uma activi- dade muito importante para o nosso concelho e região”, para que “cada um dos agentes perceba o que está a acontecer no nosso território”.

Em jeito de balanço dos últimos dois anos, Álvaro Beijinha garantiu que a pandemia “não impediu que no concelho vários projectos turísticos tivessem aberto postas” e de acordo com dados do INE Santiago do Cacém cresceu no que diz respeito à oferta de alojamentos. “Em 2013, o concelho somava 44 mil dormidas por ano.

Em 2018, atingiu o pico com 122 mil e em 2020, mesmo em pandemia, teve cerca de 92 mil, mais do que as 76 mil do ano de 2016”, refere, para depois adiantar que “também em termos de oferta entre 2017 e 2020, segundo os dados mais recentes que temos crescemos cerca de 35 por cento. Há muita gente a acreditar no concelho, na região”.

Nas suas palavras, “este crescimento deve-se, por um lado, ao investimento dos empresários, mas, por outro, à política da Câmara Municipal para atrair investimento e promover o concelho. Temos tentado ao máximo investir nesta área e temos trabalhado em parceria com a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e com a Agência Regional de Turismo do Alentejo, que têm promovido interna e externamente o nosso Alentejo e isso claramente tem tido reflexos positivos”.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém encontra-se, neste momento, a programar mais iniciativas de debate e partilha de experiências em torno de temas que podem reforçar as ligações entre os agentes turísticos locais e regionais, que irão decorrer ao longo deste ano, sem esquecer outros eventos, de que são exemplo os desportivos enquanto “factores de promoção do território extremamente importantes para a economia local”.

Para o último fim-de-semana do mês de Setembro está agendado o International Enduro Vintage 2022, evento que entre os dias 29 de Setembro e 2 de Outubro trará a Santiago do Cacém o mundo das motas vintage e de acordo com o presidente do município “dará muito bom retorno à economia local e vai projectar seguramente o município internacionalmente”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -