12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSantiago do CacémOrçamento Municipal para 2022 cresce 1,8 milhões e aposta na mobilidade

Orçamento Municipal para 2022 cresce 1,8 milhões e aposta na mobilidade

Autarca Álvaro Beijinha diz que orçamento resolve problemas das pessoas e continua aposta na requalificação urbana

 

- PUB -

A Câmara de Santiago do Cacém (CDU) aprovou esta segunda-feira o Orçamento Municipal de 40,7 milhões de euros para 2022, superior em 1,8 milhões ao deste ano, que aposta na mobilidade e requalificação urbana.

“Este é um orçamento que resolve muitos dos problemas das pessoas” e dá continuidade “ao trabalho que tem sido desenvolvido nos últimos anos em termos de requalificação das nossas cidades, vilas e aldeias”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2022 foram aprovadas pela maioria comunista com os votos contra dos dois vereadores do PS e do vereador da coligação do PSD/CDS-PP.

- PUB -

De acordo com o autarca, o orçamento para o próximo ano “contempla grandes investimentos” e terá “uma forte aposta” na requalificação dos parques empresariais e nos equipamentos culturais.

O documento “espelha a política de proximidade que tem sido seguida por este executivo” no sentido de “melhorar a qualidade de vida das populações” nas vertentes da “mobilidade urbana, requalificação e regeneração urbana, prática desportiva e no acesso à cultura”, frisou.

“A requalificação do Parque Empresarial e do Bairro dos Serrotes (1,8 ME), em Vila Nova de Santo André, e do Jardim Municipal e a zona envolvente (1,6 ME), em Santiago do Cacém, serão algumas das obras mais pesadas do ponto de vista financeiro”, sublinhou.

- PUB -

O orçamento do próximo ano contempla, segundo Álvaro Beijinha, “a pavimentação dos caminhos rurais em praticamente todas as freguesias do concelho, vários investimentos no sector da educação e nas escolas rurais e o apoio ao movimento associativo”.

“Nos últimos oito anos temos conseguido manter o rigor financeiro, com redução de dívida, e este orçamento, que aumenta mais de um milhão de euros, espelha também estes fortes investimentos”, sublinhou.

Está também prevista “a aquisição de um terreno para a ampliação do Parque Empresarial em Santiago do Cacém, a requalificação do Cineteatro de Ermidas-Sado e do Cinema de Alvalade, a instalação da Loja do Cidadão (900 mil euros) e a requalificação da rua dos Centenários em Cercal do Alentejo”, adiantou.

O executivo municipal de Santiago do Cacém, no distrito de Setúbal, é constituído por quatro eleitos da CDU, dois da oposição socialista e um da coligação PSD/CDS-PP.

A aposta nos grandes eventos “de relevo nacional e internacional”, como forma de promoção do território, e no sector do turismo, “com um investimento na sinalética em todo o concelho”, são outras das prioridades.

Para o vereador do PS, Artur Ceia, que votou contra, este é “um orçamento de continuidade” que apresenta “um conjunto de investimentos que transitam de outros anos” e “que derraparam para este novo mandato”, entre eles “alguns compromissos já assumidos”.

“Face às novas transferências de competências e ao quadro de investimentos do PRR e do Portugal 2030, a Câmara deveria já prever nas Grandes Opções do Plano quais são as linhas estratégicas de investimento para o concelho de Santiago do Cacém e isso não está” contemplado, defendeu.

Também o vereador da coligação PSD/CDS-PP, Luís Santos, criticou o orçamento por ser “idêntico aos anteriores” e por não trazer “nada de novo em termos de investimento”.

“É um orçamento de gestão corrente e não traz nada de novo em termos daquilo que é necessário para a afirmação do concelho. A Câmara parece ignorar aquilo que se passa à nossa volta e continua a não contemplar nenhuma das propostas feitas pelos partidos da oposição”, criticou.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2021 vão ser discutidos e votados na próxima reunião da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -