18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSantiago do CacémCovid-19: Farmácia em Santiago do Cacém fecha com funcionários infectados

Covid-19: Farmácia em Santiago do Cacém fecha com funcionários infectados

Três dos seis casos confirmados no concelho são trabalhadores da farmácia Côrte-Real

 

- PUB -

A farmácia Côrte-Real, em Santiago do Cacém, foi fechada devido à infecção pelo coronavírus de alguns funcionários, na sexta-feira.

O comunicado emitido e publicado na página de Facebook da farmácia, refere que todos os membros da equipa foram submetidos a testes, depois de se saber que um dos elementos tinha covid-19. Três deram negativo e dois positivos. Sabe-se que o infectado contagiou duas colegas. Outra funcionária apresentou resultado negativo, tal como Rodrigo Côrte-Real, diretor clínico da farmácia. Este último optou inclusivamente por repetir o teste.

“A farmácia encontra-se encerrada como medida profiláctica, tendo já sido alvo de desinfecção extensa”, informou o estabelecimento, que repete a acção de desinfecção esta semana. Não foram dadas quaisquer indicações aos clientes entretanto atendidos na farmácia, nem feito o alerta de que os funcionários tivessem estado a trabalhar já infectados.

- PUB -

A farmácia, antes de fechar, tinha gel desinfetante à porta, para que todos os clientes o colocassem antes de ser atendidos e ao sair das instalações. Os balcões tinham protecções de acrílico, com uma abertura para passagem dos medicamentos e pagamentos, diminuindo o contacto entre as pessoas. No entanto a hipótese de contágio indireto, não é impossível. Para melhor entender as medidas de segurança do espaço e outros esclarecimentos O SETUBALENSE tentou obter declarações por parte do diretor clínico, mas não foi possível.

Estes são três dos seis casos de infectados em Santiago do Cacém e um quarto caso remete para a esposa do funcionário da farmácia, auxiliar de lavandaria de um lar. A Santa Casa da Misericórdia, como também já foi comunicado, não teve mais nenhum infectado, sendo que a mulher não contagiou ninguém no seu local de trabalho. De acordo com o presidente da Camara Municipal de Santiago do Cacém (CMSC), os casos no município estão estáveis e isolados.

O número de casos não aumentou de anteontem para ontem, dado que a última informação por parte de Álvaro Beijinha foi a de que felizmente o número de infectados não tinha subido nessas 24horas. “No entanto não devemos desarmar ou baixar a guarda e por isso, pela sua saúde e a de todos nós, fique em casa”, escreveu o autarca.
À semelhança da doacção ao Hospital do Litoral Alentejano, a destilaria de gin Black Pig, entregou ontem à CMSC 100 litros de álcool, que a autarquia “irá distribuir por um conjunto de entidades e instituições do concelho”, segundo consta na nota enviada a O SETUBALENSE.

- PUB -

O álcool será distribuído pelos bombeiros, GNR, lares, casas do povo, centros de dia, Cersiciago, entre outras entidades. Na mesma nota, fica-se ainda a ser que a CMSC “reservou uma parte deste álcool para, em caso de necessidade urgente, responder de imediato às solicitações das entidades do concelho”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -