17 Maio 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaConstrução de central fotovoltaica arranca na Quinta do Anjo

Construção de central fotovoltaica arranca na Quinta do Anjo

Investimento da Iberdrola ascende a 8 milhões de euros. Construção abrange uma área de 20 hectares

 

- PUB -

A construção da Central Fotovoltaica do Conde (13,51 MW), na freguesia da Quinta do Anjo, Palmela, arrancou ontem com a colocação da primeira pedra da obra. O acto simbólico foi levado a efeito por Álvaro Balseiro Amaro, presidente da Câmara Municipal de Palmela, e Renata Rodrigues, em representação da Iberdrola – empresa responsável pelo investimento que abrange uma área de 20 hectares.

Oito milhões de euros é quanto a energética espanhola vai investir na concretização do projecto, que vem ao encontro da estratégia verde do município, conforme revelou o autarca na página que administra no Facebook, pouco depois da realização da cerimónia.

“Mais uma central fotovoltaica na freguesia da Quinta do Anjo, investimento de 8 milhões de euros em energia verde. Resgatar carbono, sustentabilidade ambiental, integração com culturas para pastagem e polinização. Mais um contributo do concelho para o Plano Nacional Energia e Clima 2030 e para a soberania energética”, escreveu Álvaro Amaro.

Renata Rodrigues e Álvaro Amaro “lançaram” a 1.ª pedra
- PUB -

Em comunicado, a Iberdrola lembrou que esta “é uma das quatro centrais no Distrito de Setúbal, adjudicadas no leilão de 2019”, que estão “incluídas no plano de aceleração assumido pela empresa, com o objectivo de terminar todas as obras ainda este ano”.

“A energia produzida de mais de 20 GWh/ano equivale ao abastecimento médio de 5 mil habitações e evitará a emissão de cerca de 6 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano”, indicou a empresa.

“No seu conjunto, as quatro centrais terão uma capacidade de 86 MW de energia fotovoltaica: Algeruz II (27,35 MW), Conde (13,51 MW), Alcochete I (32,89 MW) e Alcochete II (12,72 MW). Uma vez em funcionamento, evitarão a emissão de 56 mil toneladas de CO2 por ano”, salientou, a concluir.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -