30 Novembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoComandante dos bombeiros do Montijo é um dos 59 arguidos no caso...

Comandante dos bombeiros do Montijo é um dos 59 arguidos no caso dos certificados de habilitações

Pedro Ferreira refuta qualquer envolvimento no esquema e diz que vai ser absolvido

 

- PUB -

O comandante dos Bombeiros Voluntários do Montijo, Pedro Ferreira, é um dos 59 arguidos acusados no processo de falsificação de certificados de habilitações literárias do 12.º ano, cujo julgamento está desde a semana passada a decorrer no Campus da Justiça, em Lisboa.

O responsável pelo corpo activo da unidade montijense diz-se, porém, tranquilo e refuta qualquer envolvimento no esquema que levou a que fosse deduzida acusação pelo Ministério Público a dezenas de bombeiros, um médico e dois militares.

“Felizmente está a acabar e vou ser absolvido! Fui constituído arguido, coisa que nem eu nem a minha advogada sabemos como foi possível. Fui acusado de ter pedido um certificado de 12.º ano, o que é mentira”, disse Pedro Ferreira a O SETUBALENSE, para sublinhar de seguida: “Até fui dispensado, nem me quiseram ouvir. Só fui ao tribunal no primeiro dia dizer o meu nome, mais nada”.

- PUB -

“As minhas habilitações não são falsificadas. Nem podiam ser, porque isso é tudo visto e revisto pela Autoridade Nacional de Protecção Civil. Se houvesse a mínima dúvida, não podia ser comandante. Pode ficar provado que alguns o fizeram, no meu caso não. Só resta a minha absolvição, porque não há certificado no meu nome, não há pedido no meu nome, nunca utilizei um certificado falso”, garantiu.

Pedro Ferreira considerou ainda que houve quem quisesse aproveitar o caso, na associação dos bombeiros do Montijo, com um objectivo muito claro: “É apenas uma maneira que têm de denegrir a minha imagem. Esta divulgação surge de forma a manchar o meu nome no Montijo, perante o que estou a fazer contra esta direcção [dos bombeiros]”, concluiu.

Já Jorge Lopes, presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Montijo, nega que a divulgação de que Pedro Ferreira é arguido no processo tenha partido de alguém ligado ao órgão directivo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -