1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
Início167º aniversárioNeemias Queta: O basquetebolista do Vale da Amoreira que alcançou o sucesso...

Neemias Queta: O basquetebolista do Vale da Amoreira que alcançou o sucesso nos Estados Unidos

Alcançou a NBA em 2021 e, desde então, é o ídolo de muitas crianças e jovens. Está na equipa dos kings

 

- PUB -

Nascido na maternidade Alfredo da Costa, há mais de 23 anos e tendo crescido na freguesia do Vale da Amoreira, na Moita, Neemias Queta, jogador de basquetebol da equipa norte-americana Sacramento Kings, desde 2021, tornou-se o primeiro português a estrear-se na NBA – National Basketball Association –, tendo desde cedo atravessado o Tejo e crescido a driblar uma bola num campo da margem sul, onde deu os passos iniciais nas camadas mais jovens do Futebol Clube Barreirense e onde se manteve até à temporada de 2016/17.

Desde a data em que entrou no ginásio sede do clube, o internacional português conseguiu cativar todos os que integraram o seu percurso, em diversos escalões de formação, com o seu sorrido e humildade, educação, assiduidade e empenho demonstrado em cada treino.

Dois anos mais tarde, o jovem, que joga na posição de poste, passou pelo Sport Lisboa e Benfi ca, onde pertencia à Proliga e realizou um conjunto de quatro jogos pela equipa principal, competindo na liga nacional desta modalidade, tendo se separado do clube lisboeta há quatro anos, para rumar aos Utah State, formação universitária dos Estados Unidos da América, tendo mais tarde sido o primeiro basquetebolista nacional a ser escolhido para participar num ‘draft’ que acabaria por mudar a sua vida.

- PUB -

Antes desse trampolim na sua carreira, o desportista chegou a participar, em Portugal, na época de 2018/19, onde acabaria por vencer a 2ª Divisão do Europeu de Sub 20, que acabou por não disputar até ao final em virtude de uma lesão.

No entanto, foi no final de Junho de 2021, que Neemias acabaria por fazer história ao tornar-se na escolha nº 39 e a ingressar na equipa da Califórnia, tendo escolhido o número 88 e assinado um ‘two-way contract’ que o conduziria à liga da NBA, pela formação Stockton Kings, onde a 17 de Dezembro fez a sua estreia oficial e deixou “boas indicações”, no decorrer de uma partida com o Memphis Grizzlies, que acabaria por ganhar apenas por um ponto.

Homenagem retrata atleta no Vale da Amoreira

- PUB -

Foi no ano passado que um conjunto de entidades decidiram juntar-se, numa homenagem ao ‘filho da terra’, com a pintura de um mural na fachada de um prédio da Praceta Maria Helena Vieira da Silva, executado pelo artista local Pedro Pinhal, junto à Escola Secundária da Baixa da Banheira.

O projecto, recorde-se, resultou de uma parceria entre a autarquia moitense e a Hoopers, uma plataforma de comunidade destinada a jogadores e fãs desta modalidade que “cria, dinamiza e promove campos, conteúdos e produtos”. A iniciativa municipal inseriu-se na programação “Cultura em Movimento”, promovida pela câmara, juntas de freguesia e movimento associativo.

Foi em Julho do ano passado que o filho de pais guineenses ficou eternizado na localidade do Vale da Amoreira, como forma de eternizar o seu feito. A escolha da localização desta obra de arte urbana, que recebeu a sua visita e a aprovação, foi feita pelo próprio durante uma passagem por Portugal.

No início deste ano, em Janeiro, o “gigante” de 2,15 metros, com 112 quilos, conseguiu finalmente estrear-se a marcar, após contrair o vírus que marcou os dois últimos anos de pandemia. Na altura, Queta conseguiu recuperar e fez 11 pontos, cinco ressaltos e uma assistência, frente ao Cleveland Cavaliers, onde jogou durante 24.5 minutos, conseguindo um ‘roubo’ de bola e consumado quatro faltas.

Na altura, o jogador garantiu sentir–se bem, apesar do resultado do encontro. “Fui capaz de ajudar a equipa na defesa e ressaltos [e] mantive o meu papel”, afirmou à imprensa. “Mantive o meu papel e acho que fizemos um bom jogo”, garantiu, tendo se sentido “descontraído” pelo trabalho realizado. “É só basquetebol, uma coisa que temos feito durante toda a vida”, acrescentou, aproveitando desde então cada partida.

Depois de ter jogado durante três anos na Universidade de Utah State, ao serviço dos Angies, o jovem criado no Vale da Amoreira acabaria por ser escolhido na nona posição da segunda ronda, em 39º. Em Março, o filho de Mica e Dyaneuba Queta, acordou com os Kings um contrato de mão dupla.

Ao longo da sua carreira internacional, o jogador foi nomeado para todos os torneios de Mountain West e escolhido para ser o atleta defensivo do ano pelo Bleacher Report, entre outras menções, tendo ainda participado e sido titular em todos os jogos em que participou, tendo estado presente em 22 jogos.

Neemias Esdras Barbosa Queta marcou o maior número de partidas, com mais aparições de um ‘caloiro’ na United States University, tendo ainda estabelecido o recorde escolar de uma única temporada com vários bloqueios em diversos encontros desta modalidade.

 

Neemias Queta à queima-roupa

Idade: 23 anos

Localidade: Vale da Amoreira, Moita

Residência: Estados Unidos da América

Modalidade: Basquetebol

Foi o primeiro atleta português a estrear-se na National Basketball Association (NBA)

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -