18 Agosto 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaRegata volta a ligar Moita a Vila Franca de Xira este sábado...

Regata volta a ligar Moita a Vila Franca de Xira este sábado após interrupção criada pela pandemia

Evento acontece em simultâneo com as Festas do Colete Encarnado

 

- PUB -

O Centro Náutico Moitense volta a promover durante o próximo fim-de-semana, a décima oitava edição da Regata-Cruzeiro que liga a vila da Moita a Vila Franca de Xira, num evento que conta com os apoios desta câmara e da Junta de Freguesia, em conjunto com o município vila-franquense e a União Desportiva daquela cidade, que sempre manteve um contacto permanente com o rio Tejo, onde têm decorrido diversas actividades e vivências com o estuário.

A instituição naval, com mais de quatro décadas, convida todos os associados e simpatizantes a embarcarem nesta travessia, integrada no programa das Festas do Colete Encarnado e com “um imenso significado simbólico”, uma vez que promove a ligação entre as duas margens.

Regata-Cruzeiro vai envolver a participação de 150 embarcações típicas

Rui Pedro, presidente daquele clube, lembra que este evento “tem um enorme significado simbólico para todos nós”, tendo aproveitado para agradecer ao professor Fernando Carvalho Rodrigues que criou esta associação. “Espero que esta regata seja um êxito depois de esperarmos tanto tempo”, afirmou.

- PUB -

Para o presidente da Câmara da Moita, Carlos Albino, ali representado pela vice-presidente Sara Silva, esta iniciativa anual – interrompida pela situação de pandemia –, cumpre “quase duas décadas de tradição” e outras tantas de ligação a esta zona da grande Lisboa, preservando “as raízes e a essência dos nossos concelhos”, numa história de “ligação profunda” em preservar um “património comum e ao mesmo tempo reaproximar as populações ao rio”.

Para o autarca moitense, o evento significa ainda “o regresso à normalidade, o fortalecer dos laços”, bem como “a valorização deste património único comum”. A reconstituição dos tempos idos pretende reforçar os laços entre ambos os municípios. “Levaremos connosco um abraço da Moita ao outro lado de um rio acima, abraço que deverá envolver todos os participantes”, afirmou Fabrício Pereira, presidente da Junta de Freguesia da Moita. “Estar convosco numa celebração de memórias, mais do que um enorme prazer, é uma honra, a de ajudar a perpetuar aquilo que fomos, somos e seremos, herdeiros de um passado remoto”, acrescenta.

João Pedro Baião, vereador da autarquia vila-franquense, lembrou que este “é um dos momentos importantes das Festas do Colete Encarnado”, sendo esta uma das iniciativas esperadas naquele município e que representa aquilo que é o Ribatejo, território que une ambas as comunidades.

- PUB -

Sara Silva, vereadora da autarquia moitense, acrescentou que o evento promove “a preservação daquilo que são as nossas raízes e a essência da nossa história”, que são “as embarcações típicas”, concluiu.

No sábado, a partida da Moita das 18 embarcações terá lugar pelas 10h30 com chegada a Vila Franca de Xira pelas 15h00. No dia seguinte está previsto o regresso ao concelho, num evento que envolve a participação de cerca de 150 pessoas, sendo que muitas costumam inscrever-se no dia que antecede a partida da zona do cais.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -