27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaMoita regista subida de 23 lugares nos melhores municípios para viver

Moita regista subida de 23 lugares nos melhores municípios para viver

Consultora garante subida para 17.ª posição a nível regional

 

- PUB -

O concelho da Moita registou uma subida de 23 lugares no ranking nacional de melhores municípios para viver, visitar e fazer negócios, tendo surgido na 87.ª posição da classificação divulgada esta semana pela consultora Bloom Consulting, tendo a nível regional ocupado a 17.ª posição, anunciou esta terça-feira aquela edilidade.

Uma subida na tabela que se justifica, segundo a câmara presidida por Carlos Albino, pela “aposta local que a Moita tem realizado nos últimos tempos como chave de sucesso para o futuro”. De acordo com o autarca moitense, o resultado “é fruto do investimento que fazemos todos os dias na nossa comunidade”, garante.

Para Carlos Albino, no futuro “queremos continuar a apostar no nosso território, em projectos e em medidas que fazem a diferença na vida das famílias, negócios e empresas dos que cá passam e dos que cá se mantêm”, frisou, e “só assim vamos conseguir continuar a crescer juntos”, conclui.

- PUB -

Refira-se que o município se destacou com uma subida de 14 posições na dimensão “viver” e 11 na dimensão de “negócios”, tendo registado 45 posições no valor “visitar”. Anteriormente e de acordo com esta edilidade, o território registou uma subida a nível da Área Metropolitana de Lisboa (AML), ocupando presentemente a 17.ª posição a nível regional.

A Bloom Consulting, recorde-se, lança anualmente, desde 2014, o Portugal City Brand Ranging “recorrendo a um algoritmo proprietário, testado e utilizado” pela empresa no mundo. De acordo com a autarquia local, este “é um estudo diferenciado, uma vez que não tem qualquer variável qualitativa ou de opinião”, focando-se exclusivamente em ‘hard data’, dados fidedignos que classificam o desempenho das marcas dos 308 municípios de forma “tangível e realista”.

Os dados quantitativos, acrescenta a câmara municipal, são convertidos por um algoritmo em três variáveis – viver, visitar e negócios –, que após ponderação, resultam “num ranking geral e atribuem uma posição ao município em análise”, sublinha.

- PUB -

O ranking agora tornado público aponta ainda que a autarquia de Setúbal ocupa a quarta posição, surgindo o município de Almada em sexto lugar, o que equivale a uma descida de duas posições relativamente aos dados divulgados anteriormente. Em oitavo lugar surge o concelho do Seixal, seguido do território do Barreiro, em nono lugar. Nos mesmos dados, surge ainda a edilidade de Sesimbra, em 13.ª posição, seguida de Montijo (14.ª), Palmela (15.ª) – a Moita, como referido anteriormente em 17.ª posição -, e Alcochete em 18.º lugar.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -