22 Maio 2022, Domingo
- PUB -
InícioLocalMoitaRomeiros partem em direcção a Viana do Alentejo após dois anos de...

Romeiros partem em direcção a Viana do Alentejo após dois anos de interrupção devido à pandemia

Comitiva com cerca de 600 participantes ruma a vila alentejana para cumprir tradição

 

- PUB -

Após dois anos de paragem, a vigésima edição da Romaria a Cavalo, que liga o concelho da Moita a Viana do Alentejo, partiu ontem da vila moitense perante o olhar de centenas de pessoas, em direcção ao Santuário de Nossa Sra. de Aires, no regresso do maior e mais abrangente evento equestre nacional. Frente à igreja, juntaram-se parte dos romeiros e dezenas de cavalos que, nos próximos dias e até domingo, vão proporcionar aos participantes a recuperação desta antiga tradição.

Contando este ano como padrinhos com Mónica Jardim e FF, a imagem de Nossa Sra. da Boa Viagem foi benzida antes da partida, tendo a organização colocado a iniciativa a funcionar em apenas dois meses, com “mais romeiros, independentemente do tempo e do preço do gasóleo, que vieram de norte a sul do país” para aderir a esta iniciativa, onde participaram 400 animais e cerca de 600 participantes.

Partida da Romaria teve lugar ontem de manhã, junto à igreja da vila moitense

Carlos Albino, presidente do município, aproveitou a realização do evento tradicional para agradecer aos padres presentes, aos padrinhos e a todos os elementos que iniciaram esta viagem numa “camaradagem entre todos”. O autarca adiantou que “é com orgulho que este ano irei fazer parte deste grande e importante evento, que junta pessoas de todo o país”. Informou ainda que irá juntar-se à comitiva em Alcáçovas, para “juntos podermos confraternizar nesse dia e seguirmos juntos para o santuário”, revelou, tendo informado que a câmara “continua e continuará disponível para apoiar e valorizar as nossas tradições”, frisou.

- PUB -

Luís Miguel Duarte, presidente do município de Viana do Alentejo, desejou igualmente uma boa jornada a todos e que percorram o habitual itinerário “com cautela”, dado que não o podiam fazer “melhor acompanhados, na presença da imagem de Nossa Sra. da Boa Viagem”. O autarca alentejano referiu que “ficaremos à vossa espera”, desejando também que tudo corra bem aos romeiros.

Seguiu-se a bênção da romaria, tendo o padre Sílvio Ramos referido que “também nós peregrinos devemos levar alguma coisa aos fiéis que lá vivem: o exemplo da nossa fé, esperança e caridade para todos os que moram naquele local e a todos os percursos intermédios”, assim “como os que vão de fora”, sublinhou, tendo acrescentado a todos que sejam “dignos deste percurso”.

Iniciativa contou com presenças dos padrinhos do evento, Mónica Jardim e FF, antes da partida da Romaria a Cavalo

A chegada ao destino final acontece no próximo sábado, após um percurso de 150 quilómetros, num número global de cerca de mil participantes, por terra batida e quintas, sendo que dia 24 decorre uma missa campal no município alentejano, que veste aquela vila de festa, com animação musical espalhada por vários pontos do território.

- PUB -

A Romaria a Cavalo recupera no tempo uma tradição antiga, comum aos dois concelhos, em que os lavradores da Moita se deslocavam ao Santuário de Nossa Senhora D’Aires com os seus animais, fazendo o percurso pela antiga Canada Real, para pedir proteção e boas colheitas. Nos dias de hoje, este evento “alia a fé a um ambiente ímpar de camaradagem, que privilegia o convívio entre grupos de apaixonados por cavalos, associações equestres e as chamadas irmandades, muitas delas criadas a propósito deste evento”, sublinha a autarquia moitense.

Os romeiros vão pernoitar nas localidades de Poceirão, Casebres, Alcáçovas e junto ao Santuário de Nossa Senhora de Aires. As paragens para almoço decorrem em Lagoa da Palha, Quinta de Sousa, São Cristóvão e São Brás do Regedouro. A Comissão Organizadora é composta por ambos os municípios, a Associação de Romeiros da Tradição Moitense e a Associação Equestre de Viana do Alentejo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -