20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaPCP defende que novo centro de saúde da Baixa da Banheira deverá...

PCP defende que novo centro de saúde da Baixa da Banheira deverá “funcionar” num curto espaço de tempo

Comunistas recordam que espaço da obra continua ao abandono

 

- PUB -

A Comissão de Freguesia do PCP da Baixa da Banheira emitiu um comunicado, recentemente, sobre a obra do novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira, recordando que o espaço “continua ao abandono”. No documento, os comunistas recordam que “o empreiteiro abandonou a obra em Dezembro [de] 2021 e até hoje a [Câmara da Moita] continua a adiar o lançamento de novo concurso público para a execução dos trabalhos em falta” neste futuro equipamento.

Em nota à comunicação social, o PCP da freguesia recorda ainda que a obra não possui segurança no local. “Na actual unidade de cuidados de saúde prioritários (UCSP), dos 29371 utentes inscritos só 18124 têm médico de família”, recordam, lembrando que faltam colocar “mais oito médicos para os 11247 utentes, a que devemos juntar os muitos precários que aparecem naquela unidade, todos os dias”, recordam.

Segundo o partido e de acordo com a Comissão de Utentes de Saúde da Baixa da Banheira (CUSBB), a colocação de mais médicos “só é possível no novo edifício tendo em conta que o actual tem todos os gabinetes preenchidos”, lembrando que deverão ali ser instaladas as especialidades de estomatologia, psicologia, nutricionismo e fisioterapia.

- PUB -

Para a mesma Comissão de Freguesia “é urgente concluir esta grande obra”, lembrando em comunicado a intervenção da CUSBB “na luta por melhores acessos aos cuidados de saúde pública da população banheirense”, tendo repudiado que a mesma não quer reunir com a Câmara Municipal.

Considera ainda que “é igualmente indispensável dotar o Serviço Nacional de Saúde de meios humanos, financeiros e físicos, que lhe permitam retomar em pleno o seu desempenho e recuperar o conjunto de actividades – rastreios, consultas, exames, tratamentos e cirurgias –, que foram prejudicadas pelo esforço de combate à epidemia nos últimos dois anos”, adianta.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -