23 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaRecolha selectiva de biorresíduos alargada a novas áreas da Moita

Recolha selectiva de biorresíduos alargada a novas áreas da Moita

Projecto já permitiu recolher cerca de seis toneladas deste tipo de materiais, com boa adesão dos munícipes

 

- PUB -

A recolha selectiva de biorresíduos porta-a-porta, implementada em Janeiro no município da Moita, foi esta semana alargada às zonas da Remoa, Bela Vista e Bairro Novo – Pinhal da Areia, anunciou esta segunda-feira a autarquia moitense.

De acordo com a Câmara, os moradores destas áreas “estão [agora] a ser contactados por técnicos devidamente identificados” da empresa SUMA, contratada pela edilidade para “assegurar a entrega de contentores” e esclarecer todas as dúvidas que possam surgir junto dos munícipes.

“Este projecto municipal irá ser progressivamente alargado a várias zonas do concelho”, lembra a autarquia, nomeadamente e numa primeira fase, às freguesias de Sarilhos Pequenos e Gaio-Rosário, bem como às Arroteias, ao Bairro Francisco Pires e Rego d’Água, em Alhos Vedros, e ao Cabeço Verde, nos limites com o concelho vizinho do Barreiro.

- PUB -

A recolha é efectuada duas vezes por semana, tendo começado por abarcar um total de 250 famílias unifamiliares do Chão Duro e Broega, na freguesia da Moita.

Num primeiro balanço, e apesar do seu arranque ainda ser recente, a Câmara garante que “os resultados […] são bastante positivos, tendo sido já recolhidas seis toneladas de biorresíduos, com um nível de contaminação residual, o que revela uma boa receptividade por parte da população até agora abrangida, bem como uma crescente sensibilidade para as questões ambientais”, garante.

O projecto resulta de uma candidatura municipal ao POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, sendo co-financiado pelo Fundo de Coesão, no âmbito do Programa Portugal 2020.

- PUB -

Entre os objectivos a atingir, a autarquia destaca o cumprimento das metas europeias e nacionais de recolha selectiva de resíduos, assim como a valorização dos resíduos enquanto recurso ou “produto”, a redução de gases com efeito de estufa, a promoção da economia circular e o envolvimento dos cidadãos na adopção de práticas mais sustentáveis e amigas do ambiente.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -