20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaReconversão viária leva à suspensão de trânsito na Baixa da Banheira

Reconversão viária leva à suspensão de trânsito na Baixa da Banheira

Estacionamento proibido na área de intervenção até 22 de Abril

 

- PUB -

Em resultado da obra de reconversão viária que está a decorrer na freguesia da Baixa da Banheira, para a Zona 30 da ex-Estrada Nacional 11-1, o trânsito automóvel naquela área do concelho da Moita encontra-se pontualmente suspenso até ao próximo dia 22 de Abril.

A autarquia alerta ainda que durante o mesmo período de tempo e no troço compreendido entre a Rotunda do Emigrante e a Rua 7 de Novembro, no sentido Moita-Barreiro, o estacionamento será proibido e sujeito a reboque, pedindo desculpa à população pelos eventuais incómodos causados.

Conforme O SETUBALENSE noticiou na edição desta quarta-feira, a empreitada em curso levou ainda, desde o início desta semana, à alteração de percursos das carreiras 2 e 701 dos Transportes Colectivos do Barreiro (TCB) que, em virtude desta intervenção, obriga a que a circulação das viaturas seja feita pela Avenida Capitães de Abril, Rua Bernardino Augusto Xavier, Rua 7 de Novembro, retomando de seguida o percurso habitual pela ex-Estrada Nacional.

- PUB -

Recorde-se que a adjudicação da obra foi aprovada em Março do ano passado, em reunião do anterior executivo, por um valor superior a 1,1 milhões de euros, naquela que continua a ser a principal ligação entre os núcleos urbanos do concelho com a zona do Lavradio, no município barreirense.

A obra em curso tem como principais objectivos a acalmia do tráfego no local, bem como a redução da velocidade e a criação de zonas de paragem de autocarros fora da faixa de rodagem. No final, permitirá ainda o aumento dos lugares de estacionamento e das áreas de passeio, assim como a melhoria das condições das infraestruturas existentes e das condições arbóreas, de forma a reduzir as emissões de CO2.

De acordo com a autarquia, a intervenção municipal, que decorre numa zona com cerca de 2,8 hectares, insere-se no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), no domínio da mobilidade sustentável e é cofinanciada por fundos comunitários, no campo do programa Portugal 2020.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas
- PUB -