7 Julho 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaRecolha selectiva de biorresíduos arranca este mês na Moita

Recolha selectiva de biorresíduos arranca este mês na Moita

Projecto avança inicialmente nas freguesias de Alhos Vedros, Moita, Gaio-Rosário e Sarilhos Pequenos

 

- PUB -

A Câmara da Moita vai implementar em breve a recolha selectiva de biorresíduos porta-a-porta, inicialmente, em habitações unifamiliares localizadas nas freguesias de Alhos Vedros (Arroteias, Bairro Francisco Pires, Rego d’Água e Cabeço Verde), na Moita (Chão Duro e Broega), assim como no Gaio-Rosário e em Sarilhos Pequenos.

Segundo o município, os moradores abrangidos nesta primeira fase, serão contactados a partir da última semana deste mês, por uma empresa da área ambiental, contratada pela edilidade, com vista à entrega dos contentores apropriados, onde deverão ser depositados os biorresíduos, tais como restos de comida e resíduos de jardim.

A autarquia acrescenta que a entrega dos contentores será efectuada por técnicos devidamente identificados, que explicarão aos munícipes a forma como se deverá proceder. “Uma vez entregue o contentor em cada habitação, a recolha do mesmo será assegurada pela Câmara Municipal duas vezes por semana, nos dias e horários comunicados”, explica a autarquia.

- PUB -

Recorde-se que este novo projecto, resulta de uma candidatura do município ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), confinanciado pelo Fundo de Coesão, no âmbito do Programa Portugal 2020.

Principais benefícios

Após ser recolhido nos contentores municipais, habitualmente, o lixo é encaminhado para o aterro sanitário. Apesar da separação dos materiais recicláveis nos ecopontos, os aterros têm aumento de volume de forma insustentável, exigindo cada vez mais espaço, energia e outros recursos que não são infinitos.

- PUB -

De acordo com a câmara, a recolha de biorresíduos porta-a-porta “é um modelo mais cómodo e eficiente que contribui para a melhoria do ambiente”. Ao fazer a separação, além de reduzir as suas deslocações ao contentor habitual, estará a diminuir as quantidades de recursos desperdiçados que vão parar ao aterro, contribuindo para lhes dar uma nova vida.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pastelaria Abrantes fecha portas a poucos meses de fazer cem anos [actualizada]

Setubalenses têm recorrido às redes sociais para manifestar tristeza com a notícia, por se tratar de um espaço histórico

PSP deteve em flagrante homem a furtar catalisadores

Dono de uma das viaturas alertou a PSP, que conseguiu interceptar o indivíduo no local

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)
- PUB -