26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Moita Universidade Sénior da Moita regressa à actividade após pandemia

Universidade Sénior da Moita regressa à actividade após pandemia

Até Dezembro estão previstas quatro sessões para promover bem-estar e saúde dos alunos

 

- PUB -

Depois de uma paragem forçada devido à pandemia e no âmbito do plano de contingência do município, a Universidade Sénior da Moita (UniSeM) começa agora a regressar, progressivamente, à sua actividade lectiva presencial, estando já programado um conjunto de quatro sessões motivacionais, que terão por objectivo “contribuir para a promoção do bem-estar e saúde dos alunos”.

Segundo a Câmara Municipal, as sessões vão ser realizadas com regularidade quinzenal e em formato presencial, em espaços amplos e que possam garantir o devido distanciamento físico entre participantes.

A primeira sessão está agendada para o próximo dia 21, na freguesia da Baixa da Banheira, seguindo-se uma outra a 9 de Dezembro, na mesma localidade. Dia 4 de Novembro, terá lugar mais uma acção em Alhos Vedros e em Dezembro, o ciclo de actividades chega à vila da Moita.

- PUB -

Com enquadramento no projecto municipal “(Con)Vivencial(l)dades” e subordinada ao tema “Estratégias para Prevenir o Desânimo e a Criação de Resiliência”, decorreu na última semana um encontro que terá continuidade esta quinta-feira.

O programa volta a ser dinamizado no concelho, à semelhança de anos anteriores, sendo que, em 2021, a iniciativa dedica várias actividades ao público sénior, celebrando assim o Dia Internacional da Pessoa Idosa e o Dia Nacional da Terceira Idade.

Durante os meses de Outubro e Novembro, estão previstos eventos dentro e fora do município, tais como passeios culturais, actividades físicas e culturais, além de outras acções de informação e sensibilização, podendo o programa ser consultado na íntegra no site institucional da autarquia moitense.

- PUB -

Já a participação nas referidas sessões da UniSeM requerem inscrição prévia na divisão de Assuntos Sociais da Câmara, presencialmente, nas instalações situadas na zona envolvente à Praça de Toiros, na cave do lote 26, através do e-mail [email protected] ou por contacto telefónico (210 891 000).

Recorde-se que a universidade sénior tem como entidade promotora e gestora a Câmara da Moita, que assume este projecto – com onze anos de existência –, como “componente aliada à educação não formal e sem fins de certificação, através da criação regular de actividades de âmbito social, cultural, educacional e de convívio, preferencialmente, para maiores de 55 anos, enquadrando a sua actividade na formação ao longo da vida.

Inaugurada em Fevereiro de 2010, abriu portas ao público em Março do mesmo ano, contando inicialmente com a inscrição de 247 alunos, que foram distribuídos por 27 turmas, nas disciplinas de Literatura Portuguesa e Inglês, Informática, Artes Decorativas, Música, Dança e Teatro.

Mais tarde, o município começou a desenvolver o Programa Vivências, tendo como meta principal a “promoção do bem-estar dos seniores do concelho”, com actividades socioculturais dirigidas a esta população e de reforço da sua capacidade de intervenção na comunidade.

Foi neste contexto que surgiu o projecto UniSeM, que tem por finalidade desenvolver iniciativas que potencializem “um intercâmbio de saberes através do ensino, da formação e do desenvolvimento social e pessoal, da solidariedade social, convívio e lazer, facultando aos mais velhos “uma vida mais activa”.

Constante adaptação do projecto é essencial para sucesso de dezenas de alunos

Tratando-se de um projecto “muito dinâmico”, que está “sempre em constante adaptação” – dado procurar responder às expectativas de dezenas de alunos –, a Universidade Sénior da Moita conta com a colaboração imprescindível de professores e formadores em regime de voluntariado, que são também o seu grande pilar.

Conta ainda com a participação activa de um conjunto de parceiros, entre instituições, escolas, juntas de freguesia e colectividades, onde são ministradas as aulas, distribuídas pelas diversas localidades do concelho.

Estes espaços, cedem por diversas vezes as suas instalações, para a realização de aulas e permitem que os alunos possam “usufruir de aulas gratuitas, próximo da sua área de residência”. Em alternativa, as aulas são ainda ministradas em diversos equipamentos municipais.

Promover o voluntariado e estimular a participação em actividades de âmbito cultural, a aprendizagem ao longo da vida, numa óptica de ensino informal, atenuar os efeitos do envelhecimento físico e mental ou fomentar o envelhecimento activo, saudável e positivo, são alguns dos objectivos do projecto UniSeM.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -