12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaComemorações em honra de N.ª Sra. da Boa Viagem trazem concertos à...

Comemorações em honra de N.ª Sra. da Boa Viagem trazem concertos à Moita

Xutos & Pontapés abrem festividades, que decorrem entre os próximos dias 10 e 18, dentro do recinto do mercado mensal

 

- PUB -

À semelhança do ano passado, as comemorações em honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, que se assinalam na Moita entre os próximos dias 10 e 18, voltam a acontecer em ambiente de pandemia e a ficarem marcadas pelas diversas restrições da Direcção-Geral de Saúde, no que respeita à prevenção da Covid-19. No entanto e para assinalar este evento junto da população do concelho e de quem visita o município, a Comissão Coordenadora das Festas, que “não se realizam” nos moldes habituais, decidiu preparar um conjunto de iniciativas que vão animar a vila durante este período.

Rui Garcia, presidente da autarquia moitense, considera que “apesar do optimismo que a extensiva campanha de vacinação […] já nos pode dar, ainda é necessária muita prudência na realização de eventos que impliquem uma grande aglomeração de pessoas”, com “a adopção de todas as medidas que garantam a necessária segurança”, quer dos visitantes como dos participantes destas comemorações. Já para a Comissão de Festas, é fundamental “impedir que o vazio preencha as nossas vidas”, daí a necessidade em dar “mais alegria e ânimo” às gentes da terra.

“Não esqueceremos aquilo que são as nossas tradições e, infelizmente, não podemos largar toiros na rua”, lembra a comissão. Por este motivo, não será possível “fazer a nossa grandiosa Procissão com todo o seu esplendor”, assim como o baile popular, a Tarde do Fogareiro, o habitual Festival de Folclore e contar com a presença dos feirantes. “Esperemos que para o ano já seja possível e que tudo volte à normalidade”, afirmam os responsáveis, acreditando que, com toda a certeza, acontecerá “uma Festa da Moita com respeito pelas suas tradições, modernidade e grandiosidade”.

- PUB -

 

Montras, varandas e janelas enfeitadas

Neste âmbito, os festejos deste ano vão contar com diversos concertos, um pequeno arraial na Praça da República e os barcos tradicionais engalanados para receber a padroeira da vila, no decorrer da procissão, cujo andor voltará a circular, sem paragens, em algumas artérias da freguesia.

O concerto dos Xutos & Pontapés está marcado para dia 10, às 22h00, no recinto do mercado mensal da Moita
- PUB -

Durante os dias da celebração, as montras, varandas e janelas da vila estarão devidamente enfeitadas pelos seus proprietários, sendo os visitantes brindados com exposições na Avenida Dr. Teófilo Braga – “Os Toiros estão na Rua” – e na Praça da República – “Estamos de volta # Somos Moita”.

De acordo com a programação, o primeiro dia das comemorações será preenchido com uma salva de morteiros e o acender do Arraial (10h00), sendo a noite marcada, a partir das 22h00, por um concerto dos Xutos & Pontapés no recinto do mercado mensal. O acesso será feito mediante a apresentação de bilhete (que será distribuído gratuitamente), e com entrada permitida apenas a pessoas com certificado de vacinação ou com testes à Covid-19, realizados nas últimas 24 horas. O uso de máscara é também obrigatório.

No dia 11, o Grupo de Bombos de Santa Maria de Jacente fará três voltas à vila, às 9, 16 e 18h00, e à noite, pelas 22h00, o recinto do mercado recebe um concerto do cantor Syro. A música prossegue a 13, com Paulo Flores, Quim Barreiros, no dia 17, e com o fadista Ricardo Ribeiro, que encerra as festividades, sempre no mesmo horário.

No decorrer dos festejos, o Dia do Município será celebrado a 14 de Setembro, pelas 17h30, com a cerimónia pública de atribuição das Medalhas de Honra e de Mérito Municipal, como é habitual, na Praça da República.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -