23 Abril 2024, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaEcopontos e contentores de resíduos incendiados na Baixa da Banheira

Ecopontos e contentores de resíduos incendiados na Baixa da Banheira

Vários ecopontos e contentores de resíduos de sólidos urbanos foram incendiados na Baixa da Banheira, no concelho da Moita, durante o fim de semana, anunciaram os bombeiros locais.

- PUB -

“Foram feitos vários pedidos de intervenção para a extinção de incêndio em contentores de resíduos sólidos urbanos e ecopontos na Baixa da Banheira”, referem os bombeiros voluntários da Moita em comunicado.

Os bombeiros apelam também à população para que evitem estacionar as suas viaturas perto dos ecopontos e contentores.

“Sensibilizamos a toda a população que evitem o estacionamento dos seus veículos junto destes elementos, para prevenir o risco de incêndio das suas viaturas”, acrescenta.

- PUB -

A situação não é nova no concelho da Moita, tendo-se registado já vários casos idênticos em vários locais mas, em especial, na Baixa da Banheira.

“Puxaram fogo a mais quatro contentores do lixo na freguesia da Baixa da Banheira. Depois da razia aos ecopontos estão a destruir os contentores. Afectam a vida das pessoas e destroem as finanças das autarquias e empresas públicas”, refere Nuno Cavaco, presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, em mensagem divulgada nas redes sociais.

Também no concelho vizinho do Barreiro existem relatos de diversos incêndios em ecopontos e contentores, que ocorrem, normalmente, nas madrugadas durante o fim de semana.

- PUB -

Mais populares

Árvore da Liberdade nasce no Largo José Afonso para evocar 50 anos de Abril

Peça de Ricardo Crista tem tronco de aço corten, seis metros de altura e cerca de uma tonelada e meia de peso

Cravo humano ‘nasce’ no areal da Praia de Albarquel

Cerca de quatro centenas de trabalhadores da autarquia juntaram-se após uma caminhada de três quilómetros

Cadáver em “avançado estado de decomposição” encontrado na zona da Comporta

Capitão do Porto de Setúbal invocou o segredo de justiça para não avançar pormenores sobre a ocorrência
- PUB -