14 Abril 2024, Domingo
- PUB -
InícioLocalGrândolaExposição dedicada a livros e autoras portuguesas censurados durante Estado Novo

Exposição dedicada a livros e autoras portuguesas censurados durante Estado Novo

“Corte & Costura: Livros de Autoras Portuguesas Censurados durante o Estado Novo” é inaugurado na tarde de domingo

 

- PUB -

A Biblioteca e Arquivo de Grândola inaugura no domingo, às 16h00, uma exposição dedicada a livros e autoras portuguesas censurados durante o Estado Novo, no âmbito do programa dos 50 Anos do 25 de Abril.

Segundo o município, a exposição intitulada “Corte & Costura: Livros de Autoras Portuguesas Censurados durante o Estado Novo” é constituída por um conjunto de painéis com diverso conteúdo documental, de texto e imagem, bem como pelos livros proibidos, disponíveis para requisição mediante pedido.

A mostra, que está também inserida nas actividades do Dia Internacional da Mulher, visa contribuir para a reconfiguração das memórias da censura e da oposição em Portugal durante o Estado Novo (1933-1974).

- PUB -

Evidencia “a atitude libertária das autoras que ocuparam um espaço exclusivamente consignado aos homens, bem como o silêncio decretado que motivou a inexistência de outras escritoras e outros livros”, ainda segundo a autarquia.

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Sobrevivente de naufrágio chamou por vítimas agarrado a boia

Buscas por desaparecidos em naufrágio em Troia alargadas amanhã

Passeio de barco termina em tragédia com duas mortes confirmadas e dois desaparecidos

Corpos de menino de 13 anos e de um adulto foram resgatados ontem. Dois outros adultos continuam desaparecidos
- PUB -