5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalGrândolaGrândola relembra exílio e canto livre no Encontro da Canção de Protesto

Grândola relembra exílio e canto livre no Encontro da Canção de Protesto

O Cine Granadeiro vai ser palco de vários espectáculos musicais, debates e testemunhos históricos

 

- PUB -

Grândola vai receber o Observatório da Canção de Protesto (OCP) entre os dias 17 e 20, sendo este uma nova edição do Encontro da Canção de Protesto.

Com espectáculos musicais, exposições e documentários dedicados à temática do exílio, para além de colóquios, sessões testemunhais e de canto livre, vão estar presentes figuras relacionadas com os universos de José Mário Branco e com a canção de protesto.
O encontro tem início dia 17, às 21h00 no Cine Granadeiro com a inauguração da exposição organizada pelo OCP e idealizada para itinerância “Emigração, exílio e canção de protesto”, seguindo-se, às 21h30, o espectáculo de leituras encenadas da Associação Artística Andante.

No dia seguinte, às 21h30, Sérgio Godinho e os Assessores promovem no parque de feiras e exposições, uma viagem musical pela carreira do cantor, compositor, escritor, actor de teatro e cinema, com a recriação de algumas canções que marcaram os discos Os sobreviventes e Pré-Histórias.

- PUB -

No sábado, o Cine Granadeiro acolherá, entre as 10h00 e as 13h30, e depois às 15h00 e às 18h00, um conjunto de sessões testemunhais dedicadas aos universos de José Mário Branco.

Durante a noite de sábado, no mesmo espaço, às 21h30, decorrerá a apresentação do espectáculo inédito “Uma mão cheia de vozes na luta”, com a actuação de membros do Grupo de Acção Cultural.

O Encontro da Canção de Protesto de 2020 encerra domingo, no Cine Granadeiro, com o encontro-colóquio “Contra as ditaduras erguer a voz e cantar”, com a participação de alguns membros do Conselho Consultivo do Observatório da Canção de Protesto, e o convidado Alberto Carrillo Linares, a exibição do documentário Les Printemps de L’ Exil e a actuação do Coro da Casa da Achada.

- PUB -

A entrada em todas as iniciativas é gratuita mediante reserva antecipada de lugar através do número 269 448 030 e sujeita à lotação da sala.

O Observatório da Canção de Protesto é um organismo resultante da parceria entre o município de Grândola, entidade promotora, a Associação José Afonso, a Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, e os institutos da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical, Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança, e Instituto de História Contemporânea.

Os seus objectivos são o estudo, a salvaguarda e a divulgação do património musical tangível e intangível da canção de protesto produzido durante os séculos XX e XXI, através da realização de iniciativas culturais diversas.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -