23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Debate e exposição na Trafaria revela património único de cavalos-marinhos

Debate e exposição na Trafaria revela património único de cavalos-marinhos

Debate e exposição na Trafaria revela património único de cavalos-marinhos

Marcado para amanhã, 10 de Abril, no Presídio da Trafaria, o debate conta com especialistas e a presidente Inês de Medeiros

As comunidades de cavalos-marinhos na frente ribeirinha de Almada vão estar no centro de uma conferência e exposição marcada para amanhã, 10 de Abril, entre as 9h00 e as 13h00, no antigo Presídio da Trafaria, na frente de Tejo desta localidade do concelho de Almada.

- PUB -

A conferência “Cavalos Marinhos de Almada: Um Património Único a Preservar”, realizada pela Câmara Municipal de Almada, vai debater a preservação da biodiversidade e o património natural do concelho na agenda de eventos para a preservação do valor ecológico existente.

Ao mesmo tempo, pretende dar a conhecer a colónia deste peixe ósseo existente na Trafaria, “convidando à reflexão sobre a gestão deste território ribeirinho para a promoção e conservação destas espécies e reforço das condições do seu habitat”.

Também amanhã é inaugurada a exposição fotográfica de rua da autoria de Sylvie Dias, videógrafa e fotógrafa subaquática. Esta mostra, que vai estar patente até 27 de Setembro, é composta por 14 painéis com fotos de grande formato, efectuadas em mergulhos na frente ribeirinha de Almada, que apresentam e apoiam a caracterização destas comunidades de cavalos-marinhos naquele território marítimo.

- PUB -

Tanto a conferência como a exposição têm por base um protocolo estabelecido entre a Câmara Municipal de Almada e o MARE/ISPA – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida -, com a colaboração do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e Oceanário de Lisboa.

Na sessão de abertura da conferência, marcada para as 9h00, vão participar a presidente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros, Sérgio Faias em representação da Docapesca, Rui Pombo pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e Manuel Eduardo dos Santos em nome do MARE/ISPA.

Entre as 9h40 e 9h50 é apresentado o vídeo “Cavalos-marinhos de Almada”, por Sylvie Dia, logo a seguir é dado a conhecer o Projecto CavALMar pela sua coordenadora, Gonçalo Silva.

- PUB -

Das 10h20 às 10h50, realiza-se o painel “Pessoas, Habitats e Projectos na Conservação dos Cavalos-Marinhos”, onde vão ser referenciados habitats e pradarias marinhas do estuário do Tejo, um modulo apresentado por Ricardo Mendes, na qualidade de investigador MARE. Miguel Correia da University of British Columbia, MARE-ISPA, IUCN vai apresentar um caso de estudo sobre Projectos de Conservação de Cavalos-Marinhos.

Entre as 11h00 e as 12h00 acontece uma mesa-redonda, moderada por Gonçalo Carvalho, da SCIAENA, com as participações de Patrícia Silva, chefe da divisão de Intervenção Ambiental e Ecológica da Câmara de Almada, Gonçalo Silva, coordenador do Projecto CavALMar, do MARE/ISPA, Mário Rolim, coordenador das operações de mergulho e segurança do Projecto CavALMar e dois pescadores locais Bruno “Tinto” e “Quinchas”.

O encerramento da conferência vai estar a cargo de Duarte Mata, director do Departamento de Intervenção Ambiental Clima e Sustentabilidade da Câmara de Almada.

Entre as 12h30 e a 13h00 é inaugurada a Exposição Fotográfica “Cavalos-marinhos de Almada”, com Sylvie Dias.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -