16 Abril 2024, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroHospital do Barreiro deixa de ter atendimento urgente e internamento no serviço...

Hospital do Barreiro deixa de ter atendimento urgente e internamento no serviço de Cardiologia

Administração garante que utentes não ficarão sem resposta. Urgência pediátrica prevista reabrir esta manhã

 

- PUB -

O Serviço de Cardiologia da Unidade Local de Saúde do Arco Ribeirinho (ULSAR), no Hospital Barreiro-Montijo, já não está a realizar atendimento de urgências e internamentos, desde segunda-feira. Segundo informação divulgada na página do Facebook da ULSAR, o encerramento dos serviços deve-se a não ser possível “assegurar, cumulativamente, a actividade assistencial na área do internamento/urgência, situação que se continuará a tentar reverter”.

A partir de agora o serviço de Cardiologia vai concentrar esforços na actividade de ambulatório, nomeadamente em consultas externas, exames da especialidade e implantação de pacemakers com base na “preocupação a necessidade de garantir a prestação de cuidados de saúde em segurança” à população e no “reforço da resposta aos doentes que aguardam a realização de consultas externas”.

No mesmo comunicado a unidade de saúde dá conta que as necessidades dos utentes não ficarão por responder, sendo que serão asseguradas pela Rede de Referenciação da especialidade de Cardiologia do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

- PUB -

“Naturalmente que a prestação de cuidados de saúde nesta área de especialidade continuará a ser assegurada aos utentes, nos termos da Rede de Referenciação da especialidade de Cardiologia do Serviço Nacional de Saúde (SNS). As Redes de Referenciação constituem-se como um sistema de organização dos serviços que permitem assegurar relações de complementaridade e apoio técnico entre as diferentes instituições de saúde do SNS, garantindo o acesso de todos os doentes, de acordo com as suas necessidades específicas, devendo ser entendidas como um sistema integrado de prestação de cuidados de saúde, assente em princípios de racionalidade, complementaridade, apoio técnico e eficiência”, detalham.

Urgência obstétrica e ginecológica deverá abrir esta manhã

A urgência obstétrica e ginecológica/bloco de partos do Hospital do Barreiro, que deveria começar a funcionar esta terça-feira, continuou fechada até às 8 horas de hoje, hora em que estava prevista voltar a abrir, segundo a Unidade de Saúde Local.

- PUB -

A ULSAR, que integra o hospital Barreiro-Montijo, anunciou ontem na sua página na rede social Facebook que a urgência obstétrica e ginecológica/bloco de partos se iria manter encerrada até esta quarta-feira, sem adiantar mais explicações.

De acordo com uma deliberação da Direcção Executiva do Serviço Nacional de Saúde, a urgência obstétrica e ginecológica/bloco de partos encerrou às 8 horas do dia 19 de Fevereiro e deveria reabrir pelas 8 horas desta quarta-feira.

A Lusa questionou a ULSAR sobre as razões que levaram a prolongar o encerramento, mas não obteve resposta até ao momento. No aviso, a ULSAR aconselha as grávidas a contactar o SNS 24 (808242424) antes de se dirigir ao hospital ou ligar 112 em situações de emergência.

De acordo com as escalas determinadas na sequência do plano da direcção executiva, o bloco de partos da Unidade de Saúde Local da Arrábida, em Setúbal vai estar encerrado durante toda esta semana, reabrindo apenas a 4 de Março.

Já na Unidade Local de Saúde (ULS) de Almada-Seixal (Hospital Garcia de Orta) o serviço está aberto, encerrando apenas aos fins-de-semana. Com Lusa

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Lisnave distribui mais de três milhões de euros pelos trabalhadores

Prémio é justificado com resultado obtido no ano passado, descrito o "melhor desempenho de sempre"

Sistema Navegante indisponível no fim-de-semana mas transportes circulam normalmente

Falha é devido a uma “pausa temporária para actualizações com vista à simplificação e implementação de melhorias de performance”
- PUB -