7 Dezembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroCidade Sol conta com Casa da Cidadania para apoio à população no...

Cidade Sol conta com Casa da Cidadania para apoio à população no Barreiro

Novo espaço quer apoiar população daquela zona com acções da Rumo, em resultado do projecto Unir Comunidades

 

- PUB -

A inauguração da Casa da Cidadania, na Cidade Sol, teve lugar durante a última semana, numa cerimónia que marcou o encerramento do projecto “Unir Comunidades”, nesta zona do território barreirense, ao abrigo do programa Bairros Saudáveis. Sara Ferreira, vereadora que tutela o pelouro da Intervenção Social desta Câmara, defende que este é “um espaço que se pretende que seja um apoio a toda a população”, numa reabilitação que esteve a cargo da cooperativa de solidariedade social Rumo.

O projecto durou cerca de um ano e, segundo a autarca, obteve “resultados efectivos no terreno”, tendo na altura parabenizado todos os envolvidos pelo trabalho realizado durante um curto período de tempo, naquele ponto da freguesia de Santo António da Charneca.

Ainda assim, o espaço vai agora passar a ser um exemplo ao nível do atendimento às respostas sociais. Naquela zona da cidade, a cooperativa promoveu ainda a construção de dois parques de merendas, tanto na urbanização da Quinta da Mina como no Bairro dos Espanhóis.

- PUB -

Aquele ponto do município, foi em tempos palco de realojamento social da população cigana e oriunda dos PALOP’s, existindo um número elevado de famílias com grande diversidade cultural. Dada a reincidência de problemas sócio-económicos e comportamentos de risco, parte da Cidade Sol continuou a ter “um contexto favorável à continuidade do ciclo de reprodução de pobreza”, recorda a instituição, facto que a acção ali realizada pretende agora combater através de “uma intervenção local integrada nas dimensões sociais, da promoção da saúde e da dinamização comunitária, em articulação com organizações locais estratégicas”, tais como autarquias, autoridades de saúde e comunidade escolar.

O projecto, teve por meta envolver a participação de membros da comunidade, para definição da prioridade de intervenção, com vista a permitir “a activação de um sentido de pertença e identidade” por parte da população, factor considerado preponderante no âmbito da inclusão social, capacitação e igualdade de oportunidades.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas
- PUB -