28 Novembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroPrimeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do...

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável

 

- PUB -

O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer à beira-Tejo, na zona do Polis e nas traseiras do campo do Futebol Clube Barreirense, teve lugar na última semana, durante uma cerimónia que decorreu nesta zona do município. O evento juntou naquele espaço o presidente da autarquia, Frederico Rosa, o vice-presidente Rui Braga, entre outros vereadores desta Câmara, assim como o arquitecto Miguel Saraiva, responsável pelo projecto residencial Nooba, além de Alain Gross, CEO da empresa Solid Sentinel, promotora deste investimento imobiliário.

Novo complexo residencial começou a ser construído no território na última semana

A construção, que pretende ser uma “oportunidade de acesso de muitas famílias locais e jovens profissionais a imóveis inovadores e de qualidade a um preço razoável”, pretende redefinir o território e proporcionar “um novo estilo de vida” com 518 novos apartamentos que visam estabelecer “uma nova referência dentro da área de Lisboa”. O futuro complexo residencial pretende ainda proporcionar “uma vista desafogada sobre um parque paisagísticos e o rio”, com edifícios que vão beneficiar de uma etiqueta energética A, assente numa “gestão inteligente da energia nas áreas comuns, da preocupação sistemática da luz e ventilação natural para optimizar a eficiência energética global” desta área do concelho.

Frederico Rosa, presidente do município, classifica a obra como “um investimento importante para a cidade” e que vai ajudar a criar riqueza no Barreiro. Já o vice-presidente Rui Braga, encara o projecto com grande satisfação. “Lançámos hoje a primeira pedra [de] um investimento âncora na cidade, algo que muda o perfil [do concelho], com uma assinatura de um dos melhores arquitectos do país [num] enquadramento lindíssimo”, sustentou. O vice-presidente lembra ainda que a cidade “está hoje no centro daquilo que do melhor se faz no que diz respeito a uma oferta de habitação nova”, não apenas pelo investimento directo, mas também pelos novos habitantes que vai trazer ao território.

- PUB -

Projecto localiza-se numa zona de fácil acesso a Lisboa

“Fizemos um investimento no Barreiro porque é uma localização excepcional”, adianta Alain Gross, num espaço que fica situado a menos de meia-hora da Praça do Comércio, na capital. “É simplesmente uma localização que dá a possibilidade [à população] local de viver uma coisa de excepção”, que normalmente só está reservada a “gente com muito dinheiro”.

- PUB -

 

Já Miguel Saraiva, por sua vez, deseja que as pessoas tenham “a possibilidade de habitar com muita qualidade, num empreendimento que se quer de altíssimo padrão, com áreas tipológicas enquadradas com as necessidades das pessoas e pós-pandémicas”, sublinha, lembrando que os apartamentos terão uma área suficiente, onde tanto a funcionalidade como a habitabilidade proporcionem uma qualidade de vida “muito elevada”.

Recorde-se que o empreendimento apresenta tipologias que variam de T1 a T5, com preços a partir de 189 mil euros, com todos os apartamentos a disporem de varandas privadas ou terraços, partilhando um terraço com piscina para “criar um sentido de comunidade” entre os residentes, de forma a marcar o renascimento da visão de um novo bairro na cidade, que tem por objectivo estabelecer-se como “uma nova referência” na área metropolitana.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

“Tenho a vida completamente destruída”

Os relatos dos funcionários da Palvidas, que mesmo sem ordenados aparecem no trabalho por apreço aos doentes que transportam
- PUB -