27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroParque da Cidade palco da entrega de prémios do projecto Kid’s Guernica

Parque da Cidade palco da entrega de prémios do projecto Kid’s Guernica

Escola D. João I, na Moita, e secundária de Cacilhas, situada em Almada, vencem oitava edição

 

- PUB -

O Parque da Cidade do Barreiro acolheu esta quinta-feira, a entrega dos prémios da oitava edição do projecto Kid’s Guernica, após o júri ter reunido no final de Abril na sede da Associação de Municípios da Região de Setúbal, num ano dedicado à Igualdade. Durante o encontro, centenas de alunos assistiram à entrega dos galardões e puderam participar em actividades dinamizadas naquele espaço.

Este ano, após um interregno forçado pela pandemia, a iniciativa contou com a participação de mais de 5.700 estudantes, pertencentes a 43 estabelecimentos de ensino da região, tendo sido distinguidos três trabalhos de um total de 1.288 obras recebidas de cada uma das escolas, entre as quais, a pintura “A Alma não tem género”, elaborada por Leonor Freitas Casinhas, pertencente à turma A do 7.º ano, da Escola D. João I, no município da Moita.

As restantes peças distinguidas incluíram ainda a produção “Diferença na Igualdade”, criada pelas alunas Leonor Campos e Matilde Nunes, pertencentes à turma A do 6.º ano do referido estabelecimento. Também a Escola Secundária de Cacilhas – Tejo, em Almada, marcou presença neste encontro, para receber o prémio relativo à produção do trabalho “Sem título”, criado pelos alunos David Menezes, Eduarda Assunção, Leonor Rita e Priscila Penteado, da turma H do 10.º ano de escolaridade.

- PUB -

Fazer crescer projecto na próxima edição

Sofia Martins, secretária-geral da AMRS, garantiu a O SETUBALENSE que a iniciativa “correu muito bem, num trabalho realizado com muitas horas de preparação, mais muito mais tempo de gozo e de prazer”, demonstrado com a realização deste evento, onde estiveram reunidos milhares de estudantes. Nesta edição, refira-se, a tela escolhida para ser apresentada no evento foi oriunda do referido estabelecimento moitense, tendo as três criações sido distinguidas de igual modo.

A responsável adiantou que na próxima edição as perspectivas são de “crescer sempre”, tendo realçado que “pela importância do projecto e pelos valores que difunde, seria importante que fosse mais trabalhado”, embora na edição anterior não tenha sido realizada uma festa de encerramento devido à crise pandémica.

- PUB -

“Esta é uma forma de voltarmos à normalidade e penso que foi possível estabelecermos muito bem este objectivo”, destacou. Em 2023, a AMRS vai iniciar a nona edição do projecto, esperando conseguir que os objectivos que foram estabelecidos para este ano “possam ser mais alargados”.

António Pereira, vereador da Educação da Câmara da Moita, considerou “que é sempre bom juntar os diferentes municípios de Setúbal e estes concelhos, numa celebração dos princípios da igualdade, da não descriminação, do combate à xenofobia e, nesse sentido, esta é a melhor forma de celebrar e envolver as escolas […] para transmitir uma mensagem à própria comunidade”, frisou.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -