20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroCentenas participaram na primeira edição da iniciativa “Provocação de Sabores”

Centenas participaram na primeira edição da iniciativa “Provocação de Sabores”

Encontro na Escola de Jazz permitiu degustação de vinhos de 26 produtores

 

- PUB -

A iniciativa “Provocação de Sabores”, promovida pela autarquia barreirense e a Vinus Rarus no último fim-de-semana, nas instalações da Escola de Jazz do Barreiro, contou com a participação de cerca de 300 pessoas, tendo os visitantes tido a oportunidade de conhecer e degustar vinhos de 26 produtores nacionais, incluindo as ilhas, e os queijos de um produtor oriundo de Serpa.

O encontro, considerado uma iniciativa “inédita” no concelho, contou com as presenças dos vereadores Maria João Regalo e Rui Pereira, além do fadista Jorge Fernando, escolhido como padrinho deste evento. Para a autarca responsável pela área do Turismo na autarquia local, o Barreiro “merecia um evento como este”, tendo revelado que a iniciativa temem vista “dar a conhecer a nossa cidade, que tão bem sabe acolher, fomentar e diversificar a oferta local de eventos” à população.

Evento decorreu este fim-de-semana na Escola de Jazz e foi apadrinhado pelo fadista Jorge Fernando

Para Maria João Regalo, a iniciativa “é uma primeira experiência […], um momento de conhecimento, mas sobretudo de convívio e celebração”. Segundo a vereadora, Portugal possui produtores de norte a sul, incluindo as ilhas. “Estamos a ter uma excelente aderência de toda a gente”, frisou, destacando a presença da música com a Escola de Jazz.

- PUB -

Nesta primeira edição o evento quis homenagear o vinho “Bastardinho”, tendo a autarca destacado que a história do concelho “está também ligada [a este] vinho, […] reconhecido além-fronteiras e sendo, ainda hoje, uma referência incontornável na vila do Lavradio e uma memória de muitos barreirenses”, frisou, tendo garantido a realização de futuras edições nos anos que se seguem.

Para o cantor Jorge Fernando, que apadrinhou esta iniciativa de âmbito cultural, o evento “transforma o Barreiro numa terra com cada vez mais brilho”, porque “dá a conhecer vinho que, na sua maioria, não está à venda nos supermercados”. De acordo com o fadista, “perceber que há um mercado paralelo, por exemplo, na cultura vinícola, onde se faz vinho com muito cuidado, carinho e apreço” vai acabar por reflectir-se no seu “paladar”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -