23 Outubro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Barreiro CDU apresenta 150 propostas assentes em dez pilares estratégicos para a "mudança"...

CDU apresenta 150 propostas assentes em dez pilares estratégicos para a “mudança” no concelho do Barreiro

Compromisso eleitoral foi explicado a cerca de 250 militantes e apoiantes da coligação

 

- PUB -

Os candidatos da CDU à Câmara do Barreiro, nas autárquicas do próximo dia 26, apresentaram na última semana, durante um encontro que decorreu na sede da SDUB – “Os Franceses”, onde estiveram presentes cerca de 250 militantes e simpatizantes, o seu compromisso eleitoral, composto por 150 propostas “para a mudança”, assentes em dez pilares da estratégia comunista.

Para a definição das prioridades da coligação foram realizadas mais de seis reuniões, com a participação da população e das instituições locais “numa opção estratégica de desenvolvimento integrado”, conforme sublinhou a mandatária da candidatura, Regina Janeiro.

Na sessão de apresentação marcaram presença, além do candidato comunista à Câmara Municipal, Carlos Humberto de Carvalho, os membros que compõem a equipa de candidatos àquela autarquia, Ana Catarina Fialho e Ricardo Teixeira, Humberto Faísca, Mónica Duarte e Miguel Amaral.

- PUB -

“Apresentamo-nos às eleições para a Câmara […], Assembleia Municipal, para a Freguesia e Uniões de Freguesia com este projecto pensado e construído em colectivo”, defende a CDU.

Durante a sua intervenção, o candidato comunista afirmou que “é possível devolver o Barreiro ao nosso povo” e “alcançar a vitória […] com muito esclarecimento, muitos contactos [e] com muitas conversas”.

Carlos Humberto de Carvalho acredita que: “todos vamos ser agentes activos nesta intervenção”, em resultado de mais de uma centena de iniciativas realizadas nos últimos meses.

- PUB -

O candidato da coligação afirmou ainda: “não somos capazes de fazer afirmações soltas, desgarradas e por isso fizemos este caminho”, sublinhando que: “a nossa terra dever ser o símbolo da participação cívica, solidariedade, intervenção social, combatividade, democracia e liberdade”.

“Não serão as pressões que me farão mudar”

Ao longo do seu discurso, o antigo presidente de Câmara assegurou que a Quinta do Braamcamp “será requalificada e colocada ao serviço da população do Barreiro, como espaço arborizado e naturalizado, de lazer, cultura, actividade física [e] de respeito pelos valores ecológicos”.

Acrescentou ainda “que não serão as pressões, as difamações, o mal dizer, o ataque político ou pessoal que me farão mudar”, afirmando que considera a intervenção política “como um dever para com a sociedade” e “uma obrigação”, rejeitando assim o que considera ser “a baixa política”.

Neste sentido, apelou a alguns dos seus adversários para que “mantenhamos a calma, o nível” e que “não desçam ao desrespeito” no decorrer da campanha eleitoral.

A apresentação do compromisso comunista contou com duas animações musicais, a cargo da cantora Laura Garcia, José Monteiro (violoncelo) e Miguel Barbosa (guitarra).

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Fica em prisão preventiva por esfaquear rival à porta de bar

Clientes travaram agressor e socorreram vítima
- PUB -