17 Abril 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Barreiro Obras permitem medir pressão e caudal na rede de abastecimento de água

Obras permitem medir pressão e caudal na rede de abastecimento de água

Investimento total ascende a cerca de 441 mil euros

 

- PUB -

Arranca este mês no concelho do Barreiro a segunda obra de conclusão das Zonas de Medição e Controlo (ZMC), que visam a gestão de perdas no sistema de abastecimento de água deste município, numa operação cofinanciada pelos Fundos de Coesão da União Europeia intitulada “Cada Gota Conta”. Com um valor superior a 180 mil e 500 euros, a empreitada terá um prazo de execução de seis meses, com uma comparticipação na ordem dos 154 mil euros pelos referidos fundos, através do POSEUR e do programa Portugal 2020, num investimento total que ascende a 441 mil euros.

Consignada no último dia 3, a intervenção constitui a última fase das obras previstas para a construção destas estruturas, que vão acolher os equipamentos de medição de pressão e caudal da rede.

Deste modo, segundo a autarquia, será possível dar “o salto qualitativo, que influenciará, extraordinariamente, toda a gestão do sistema de abastecimento de água” e que permitirá ao município ficar “munido dos meios adequados para proceder ao rigoroso controlo activo e em tempo real das perdas e roturas verificadas”, explica.

- PUB -

Inserido na estratégia de disponibilizar água para consumo humano, em quantidade e qualidade, ao menor custo, o projecto da edilidade barreirense tem em vista promover “a sustentabilidade e o bom desempenho ambiental, sendo a diminuição das perdas de água (e energia) um factor determinante para a salvaguarda dos recursos hídricos existentes” no território.

Câmara reabilita parte da rede de abastecimento

Neste sentido, a câmara tem por objectivo atingir “uma percentagem de perdas reais inferior a 12,3%”, um valor superior ao alcançado em 2019 e que ficou situado em 12,6%.

- PUB -

A autarquia adianta que as acções desta operação incluem também “a obra de reabilitação de 1,27 km, da rede de abastecimento de água”, que já se encontra em fase de execução, tendo sido igualmente adquiridos os hardware e software necessários à Telegestão e Centro de Supervisão Móvel, tais como medidores de caudal portáteis, correladores fixos, geofones, videoscópios, além de equipamentos para detecção de fugas, a instalar nas ZMC.

O município revela ainda que estas obras, que vão decorrer ao longo do corrente mês, em vários pontos do concelho, incidem na instalação de caixas de betão enterradas junto às condutas de abastecimento para instalação de equipamentos de medição, nas freguesias de Palhais, Santo André, Verderena, Alto do Seixalinho, Barreiro e Lavradio.

A operação camarária permitirá, após a conclusão dos trabalhos, uma “gestão e operacionalização mais eficiente nas zonas de maior concentração populacional no concelho e onde se concentra actualmente o maior volume de perdas de água”, adianta

- PUB -

Mais populares

Mercadona confirma supermercado no Montijo igual ao de Setúbal

Marca vai investir milhões de euros nos dois concelhos. Futuras superfícies comerciais vão ter 1 900 metros quadrados de área de venda   A expansão da...

“Vitória já garantiu uma subida de divisão contra todos os arautos da desgraça”

Depois de assegurar a Liga 3, Vitória aponta ao 1.º lugar no ‘play-off’ para subir à II Liga

Mulher degolou idoso em bairro de lata no Seixal e queixou-se de violação

Sem-abrigo está a ser julgada pelo homícidio do homem de 68 anos, depois deste ter sido encontrado morto em Santa Marta do Pinhal   Tânia Rodrigues,...
- PUB -