5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalBarreiroCDS diz que reabilitação é urgente mas que “não se desvirtue” o...

CDS diz que reabilitação é urgente mas que “não se desvirtue” o Moinho Grande

Prevista está a recuperação das comportas de água e dos mecanismos originais

 

- PUB -

Após o lançamento do concurso público que visa a reabilitação do Moinho Grande, no Barreiro, que vai incluir a recuperação das comportas de água e dos mecanismos originais daquele edifício histórico, numa intervenção classificada recentemente pelo presidente da autarquia, Frederico Rosa, como “menos uma ruína”, que permitirá apostar numa maior “valorização” do património moageiro, o CDS-PP local vem agora alertar “para que não se desvirtue” este bem do município.

Em comunicado, afirmam que o partido “sempre tem defendido a valorização do património histórico do concelho, desde os moinhos ao património industrial natural”, reconhecendo que esta reabilitação é urgente face ao actual estado de degradação.

“Defendemos, como sempre o fizemos, as intervenções com vista a essa reabilitação”, no entanto, alertam “para que não se repitam os erros cometidos na reabilitação do Moinho Pequeno”. Para o CDS-PP do Barreiro, a autarquia barreirense “deverá ter em consideração aspectos de natureza histórica, geográfica e socioeconómica”, num acto de reabilitação onde dizem que “não se podem ignorar estes factores que justificam a diferenciação tipológica e formal do edifício em causa”.

- PUB -

Afirmam ainda que “não podemos aceitar que a modernização arquitectónica se sobreponha ao património histórico do Moinho Grande”, o que, na sua perspectiva, poderia provocar “uma descaracterização arquitectónica”. Acrescentam igualmente que a reabilitação daquele espaço “seja o princípio de uma política autárquica virada para a valorização do nosso património como motor para o desenvolvimento do turismo”.
Desta forma, o partido defende que a câmara “pode, e deve utilizar os sistemas construtivos modernos, uma vez que estes mostram ser mais eficazes para garantir a longevidade do edifício”, de modo a evitar que se perca “a sua natureza histórica”.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -