12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Mulher em coma após ser agredida por companheiro à frente dos filhos em Almada

Mulher em coma após ser agredida por companheiro à frente dos filhos em Almada

Mulher em coma após ser agredida por companheiro à frente dos filhos em Almada

A vítima, com cerca de 40 anos, ficou desfigurada e sofreu um afundamento craniano. O presumível agressor foi detido pela PSP

Uma mulher está em coma induzido no Hospital Garcia de Orta, em Almada, depois de ter sido agredida de forma violenta a murro e pontapé em casa pelo companheiro.

- PUB -

As agressões ocorreram, de sábado para domingo, na presença dos cinco filhos menores, um dos quais um bebé com 11 meses.
A vítima, com cerca de 40 anos, ficou desfigurada e sofreu um afundamento craniano. Na tarde de domingo estava em coma induzido e com prognóstico reservado no Hospital Garcia de Orta. O presumível agressor foi detido pela PSP.
As violentas agressões ocorreram em casa do casal na Avenida D. João I, na cidade de Almada. A PSP foi alertada pela meia-noite e fez deslocar ao local o carro patrulha da Esquadra do Pragal. No local verificou-se que a vítima, mulher, sofreu várias agressões através de força física e que estava desfigurada.
A violência das agressões foi tal que a vítima sofreu um afundamento craniano. Durante as agressões, os filhos do casal estavam em casa. Tratam-se de cinco menores, entre os quais um bebé com 11 meses, que foram entregues a familiares. Quatro destes são filhos apenas da vítima, não do alegado agressor. A Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens foi informada sobre a situação .
O alegado agressor foi detido em flagrante delito pela PSP por tentativa de homicídio e violência doméstica. A Brigada de Homicídios da Polícia Judiciária de Setúbal foi chamada ao local para realização de exames periciais. O suspeito é presente ao Tribunal de Almada, hoje, segunda-feira, para aplicação de medidas de coacção.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -