23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Casal condenado por drogar clientes para os roubar em Almada

Casal condenado por drogar clientes para os roubar em Almada

Casal condenado por drogar clientes para os roubar em Almada

Homem, de 35 anos, foi condenado a 15 anos de prisão efectiva. Mulher, de 38, viu-lhe ser aplicada uma pena suspensa de cinco anos

Um casal, ele com 35 anos e ela com 38, foi condenado por drogar clientes nos seus restaurantes, em Almada e Sintra, no fim das refeições, para os roubar.

- PUB -

O homem, principal arguido, foi condenado a 15 anos e seis meses, enquanto a sua companheira viu o tribunal aplicar-lhe uma pena suspensa de cinco anos, o que significa que vai cumprir em liberdade.

O tribunal deu como provado que o casal escolhia as vítimas meticulosamente, especialmente aquelas que se gabavam de ter dinheiro ou serem empresários bem-sucedidos.

Os crimes ocorriam no final das refeições. Os arguidos viam os códigos dos cartões bancários quando os clientes efectuavam os pagamentos através de ATM instalados nos mencionados estabelecimentos e , introduziam substâncias químicas nas suas bebidas, a chamada droga do sono, de modo a que adormecessem, ficassem em modo passivo ou submisso e perdessem a consciência e a memória.

- PUB -

Aproveitando o estado em que os clientes se encontravam, os arguidos retiravam-lhe outros bens e quantias monetárias que aqueles tinham na sua posse. O homem, fazendo uso dos cartões de crédito dos clientes e respectivos códigos, efectuava pagamentos e levantava dinheiro com os mesmos, fazendo tais quantias suas.

Os crimes ocorreram entre Setembro de 2021 e Fevereiro de 2023. Os arguidos foram condenados, em co-autoria, pela prática três crimes de roubo, um dos quais agravado. O homem foi condenado pela prática oito crimes de roubo, um dos quais agravado, e cinco crimes de burla informática.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -