18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaProtecção Civil de Almada instala armadilhas para travar proliferação da vespa asiática

Protecção Civil de Almada instala armadilhas para travar proliferação da vespa asiática

Esta espécie invasora e predadora da abelha europeia sai da hibernação com a subida das temperaturas

 

- PUB -

O Serviço Municipal de Protecção Civil de Almada está a instalar 115 armadilhas para captura de vespas asiáticas em várias zonas estratégicas do concelho. O objectivo, além da capturam, é impedir a formação dos ninhos primários, e ainda identificar as áreas do território mais críticas à presença desta espécie de vespa.

Estas armadilhas estão identificadas com uma placa da Câmara Municipal de Almada e do Serviço Municipal de Protecção Civil, e a colocação coincide com a fase de início de actividade desta espécie não indígena, invasora e predadora da abelha europeia.

O principal objectivo é capturar as vespas fundadoras que, nesta altura, devido ao aumento das temperaturas, saem da hibernação, impedindo que comecem a formar os ninhos primários.

- PUB -

Segundo a autarquia a monitorização das armadilhas, por técnicos e voluntários da protecção Civil de Almada, irá permitir a identificação das áreas do território mais críticas à presença desta espécie de vespa.

As características da vespa velutina (asiática) são ter dorso da cabeça negro, tórax negro, asas de cor fumada, fina linha amarela entre o 1.º e o 2.º segmento abdominal, o 4.º segmento abdominal amarelo, patas amarelas no extremo e tamanho entre 2,5 a 3,5 centímetros.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -