23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Município de Alcochete aprova apoio a idosos para compra de medicamentos

Município de Alcochete aprova apoio a idosos para compra de medicamentos

Município de Alcochete aprova apoio a idosos para compra de medicamentos

Autarquia revela que a ajuda financeira é até um montante máximo de 250 euros por idoso relativamente à parte não comparticipada pelo Estado

 

A Câmara Municipal de Alcochete, vai apoiar 80 idosos carenciados do concelho na compra de medicamentos, uma medida que corresponde a um investimento de 20 mil euros, anunciou a autarquia.

- PUB -

A medida foi aprovada em reunião de câmara, na quarta-feira, e dá seguimento a um programa que existe desde 2022 de apoio a idosos com idade igual ou superior a 65 anos com carência económica.

De acordo com a Câmara de Alcochete, a ajuda financeira é até um montante máximo de 250 euros por idoso relativamente à parte não comparticipada pelo Estado.

As candidaturas a este apoio decorrem entre 05 e 29 de Fevereiro, através de formalização de inscrição no Sector de Acção Social do município.

- PUB -

O Programa de Comparticipação de Medicamentos a Idosos Carenciados (PCMIC) tem como objectivo promover a igualdade social, contribuir para a melhoria da qualidade de vida e saúde e promover a longevidade dos grupos etários mais vulneráveis, ajudando na aquisição de medicamentos.

No ano passado, o PCMIC apoiou 80 idosos em situação de carência económica, o que representou um encargo municipal de 17.808,13 euros, indicou a autarquia.

Em reunião de câmara foi ainda aprovado um contrato-programa com a Associação para o Desenvolvimento de Alcochete (ADA) para a execução dos projectos “Empodera-te” e “Hub Social”, inscritos no Plano de Acção da Operação Integrada Local Alcochete – Bairro do Passil.

- PUB -

Estes projectos vão decorrer durante este ano e contam com a comparticipação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) no âmbito do Investimento “Operações Integradas em Comunidades Desfavorecidas na Área Metropolitana de Lisboa”.

A ADA vai prestar apoio na promoção e prevenção nas áreas da violência e igualdade de género através de um plano de formação “Indoor” e “Outdoor”, em colaboração com as entidades parceiras, na consciencialização dos jovens para a importância do empreendedorismo, desenvolvimento de competências empreendedoras pessoais e sociais, na promoção da empregabilidade juvenil e criação do auto-emprego assim como na criação de micronegócios sociais.

O contrato-programa prevê uma verba de 80.300 euros para o projecto “Hub Social” e 18.793,44 para o projecto “Empodera-Te”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -