9 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Aposento do Barrete Verde lança missão azulejo para conseguir investimento para remodelação da sede

Aposento do Barrete Verde lança missão azulejo para conseguir investimento para remodelação da sede

Aposento do Barrete Verde lança missão azulejo para conseguir investimento para remodelação da sede

As obras de requalificação e modernização já começaram e continuam. Mas implicam uma verba total na ordem dos 90 mil euros

A sede do Aposento do Barrete Verde de Alcochete, no centro histórico da vila, está a ser remodelada e modernizada num investimento feito pela própria agremiação. Pelas contas do presidente do Aposento, Rui Fonseca, a obra total deverá ascender a “cerca de 90 mil euros”, uma verba que não está a ser fácil de conseguir.

Para chegar a este montante, a direcção lançou uma campanha através da qual pretende conseguir o apoio dos sócios, ou outras entidades. Trata-se da Missão Aposento, que começou em Janeiro, através da qual pode ser adquirido um azulejo a ser colocado na sede.

Ou seja, quem der um apoio financeiro através deste azulejo, terá o seu nome gravado no mesmo, e assim, personalizar o seu contributo. “Já temos 84 azulejos para personalizar, mas podem ser mais”, diz Rui Fonseca. E, brevemente, vão ser criadas outras iniciativas a pensar no apoio financeiro.

Entretanto, já foi requalificada a escada da sede e feita a pintura interior, assim como foi efectuada a modernização de todas as salas do primeiro piso. Uma obra que envolveu a “reparação do museu engenheiro Samuel Lupi”, diz o presidente referindo-se ao cavaleiro tauromáquico, um amigo do Aposento do Barrete Verde de Alcochete.

O passo seguinte, já em andamento, é a requalificação do segundo piso. Uma obra que, diz, “tem de estar concluída até Junho, a tempo das Festas do Barrete Verde”. É aqui, na parede da entrada do salão deste piso que serão colocados os azulejos personalizados. “As pessoas, que contribuírem ficam com o seu nome eternizado na sede”, acrescenta.

Um dos objectivos de fazer obras de modernização no edifício é também criar condições para a realização de grandes eventos. Lembra o presidente da direcção que o salão, datado de 1969 “já recebeu eventos com 150 pessoas”, e manifesta o desejo de criar condições, que dependem também de autorizações dado o número de pessoas, para que estes se voltem a repetir.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -