1 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalAlcocheteAlcochete entre os municípios do País com melhores indicadores de desenvolvimento

Alcochete entre os municípios do País com melhores indicadores de desenvolvimento

Está posicionado em 32.º lugar, mas chega aos primeiros lugares em algumas variáveis como no dinamismo económico

 

- PUB -

O concelho de Alcochete está posicionado no 32.º lugar no ranking concelhio nacional, somando uma pontuação de 12,3 no referente a vários indicadores. São dados apurados com base numa recolha de informação da Marktest para a construção de um documento estatístico com origem no Gabinete de Apoio e Empreendedorismo da Câmara Municipal de Alcochete.

Trata-se de um ranking concelhio que permite posicionar cada concelho em função de três eixos: dinamismo demográfico, dinamismo económico e qualidade de vida.

A pontuação obtida neste ranking foi dada a conhecer pelo presidente da Câmara de Alcochete, Fernando Pinto, na reunião pública de 21 de Dezembro, e posiciona o concelho em 6.º lugar na Área Metropolitana de Lisboa, entre os 18 municípios que a integram, com a pontuação mais elevada.

- PUB -

Ainda segundo o autarca eleito pelo PS, Alcochete obteve “a melhor qualificação no indicador dinamismo demográfico onde são consideradas, entre outras variáveis, o peso da população em idade activa e a taxa de crescimento natural, tendo obtido a pontuação de 19 em 20 pontos possíveis”. Mais ainda, o município encontra-se em 2.º lugar nacional nas categorias percentagem de população com nível de ensino pós- -secundário e superior, percentagem da população nas classes alta, média/alta e média e no índice de envelhecimento.

Deu ainda a saber Fernando Pinto, que o território que governa ao obter a pontuação de 19 em 20 pontos possíveis, fica situado em terceiro lugar nacional da taxa de crescimento natural.

Por sua vez no indicador dinamismo económico, o concelho encontra- -se em 1.º lugar nacional na variável ganho médio mensal, em 2.º lugar em volume de negócios médio das empresas e com as pontuações de 17 e 18 nas variáveis taxa de constituição de empresas e valor médio das transacções de prédios, respectivamente.

- PUB -

Destacou ainda o autarca que o concelho obtém qualificações “bastante positivas” no que diz respeito à taxa de desemprego, ao consumo de energia per-capita e à proporção de empresas com dez ou mais trabalhadores.

No que respeita à componente qualidade de vida, está em 3.º lugar na variável de percentagem de resíduos urbanos recolhidos, através de recolha selectiva, com uma pontuação de 19 em 20. A isto acrescem qualificações “bastante positivas” no que concerne à taxa de sinistralidade rodoviária, na proporção de áreas protegidas, na amplitude térmica média e nas despesas camarárias em cultura per-capita.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -