29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalAlcocheteCâmara de Alcochete isenta centena e meia de alunos carenciados do pagamento...

Câmara de Alcochete isenta centena e meia de alunos carenciados do pagamento das refeições escolares

Medida representa “facturação diária de 108,77 euros que o município, indirectamente, reverte a favor das famílias”

 

- PUB -

A Câmara Municipal de Alcochete volta este ano lectivo a isentar os alunos com escalão B da Acção Social Escolar (ASE) do pagamento das refeições escolares, “tendo em conta as dificuldades económicas das famílias e o aumento dos pedidos de apoio alimentar”.

A decisão, aprovada por unanimidade na reunião do passado dia 3, abrange 149 estudantes, que “tinham de pagar 50% do valor da refeição”, ou seja “0,73 cêntimos”.

Desta forma, o passo dado “representa uma facturação diária de 108,77 euros que o município, indirectamente, reverte a favor das famílias”, explica a edilidade em comunicado.

- PUB -

“Com efeitos retroactivos a 1 de Outubro”, a isenção vai vigorar “até ao final do ano lectivo 2021/2022”, sendo que “esta medida já tinha sido implementada, para apoiar as famílias face aos efeitos da pandemia” de covid-19.

“É mais um investimento na educação, que irá fazer toda a diferença”, disse Maria de Fátima Soares, vice-presidente e vereadora da Educação. Em seguida, lembrou que “o executivo oferece aos alunos dos escalões A e B um lanche diário” e que “alargou ao pré-escolar o programa de entrega de fruta, duas vezes por semana, uma vez que, por lei, esta medida é apenas atribuída ao 1.º ciclo”.

Também aprovada na reunião de câmara foi “a atribuição da ASE a mais quatro alunos do ensino pré-escolar e a dois alunos do 1.º ciclo”.

- PUB -

No total, a edilidade “assegura a todas as crianças do ensino público do pré-escolar e do 1.º ciclo o fornecimento de mais de um milhar de refeições escolares, de segunda a sexta-feira, que são confeccionadas nos refeitórios do Jardim de Infância do Samouco, do Centro Escolar de São Francisco e das escolas básicas da Restauração e do Valbom”.

Prioridade passa por “intervenção activa na nutrição” dos jovens

Uma das prioridades estabelecidas pela Câmara Municipal de Alcochete na área da saúde passa pela “intervenção activa na nutrição” das crianças e jovens do concelho, o que “motivou a contratação, em Agosto de 2020, de uma nutricionista”.

“Foram, assim, reforçadas as condições para que a alimentação escolar seja equilibrada e adequada às necessidades dos alunos, reduzindo desigualdades e proporcionando a todos, sem excepção, o acesso à melhor oferta alimentar possível”, garante o município, através da mesma nota.

Além disso, começaram também a ser elaboradas ementas vegetarianas, “devidamente planeadas, de forma a evitar carências e desequilíbrios nutricionais”.

Por acreditar “na escola enquanto lugar de igualdade e inclusão”, a autarquia deu ainda início “a um serviço de acompanhamento nutricional individualizado a todos os alunos que, por motivos clínicos, religiosos, éticos ou culturais, tenham a necessidade de uma alimentação diferenciada”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"
- PUB -