2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalAlcocheteCDU lança Luís Franco à Câmara de Alcochete

CDU lança Luís Franco à Câmara de Alcochete

Comunistas apostam em ex-presidente para tentarem recuperar a autarquia perdida para o PS em 2017

 

- PUB -

A CDU anunciou ontem Luís Miguel Franco como cabeça-de-lista à presidência da Câmara Municipal de Alcochete, para as eleições autárquicas deste ano.

Este é o primeiro nome que a CDU lança no Distrito de Setúbal (e no País), numa aposta que já era aguardada e que agora foi confirmada. Até porque, Luís Franco presidiu aos destinos da autarquia de Alcochete durante três mandatos consecutivos, máximo permitido por lei. Nas últimas autárquicas, a CDU, com José Luís Alfélua como cabeça-de-lista, perdeu a Câmara para o PS, que elegeu Fernando Pinto.

Luís Franco – que em 2005 recuperou a presidência da Câmara que a CDU tinha perdido nas eleições anteriores para o socialista José Dias Inocêncio – vai assim tentar reeditar um triunfo pessoal sobre o PS para devolver a liderança à Coligação Democrática Unitária num município, onde o PCP foi quase sempre primeira força política (o PS geriu a autarquia por três ocasiões).

- PUB -

A escolha do ex-presidente da Câmara resultou, segundo a estrutura local comunista, de um aturado processo participativo.

“No dia 8 de Janeiro, a Comissão Concelhia de Alcochete do PCP, concluindo um vasto processo de um ano de auscultações, que abrangeram quer militantes como simpatizantes e activistas no âmbito da CDU, como de outros ainda que não se enquadram neste espaço ideológico, decidiu em função dos resultados deste processo propor para cabeça-de-lista à Câmara Municipal de Alcochete nas próximas eleições autárquicas que decorrerão no final do presente ano Luís Miguel Carraça Franco”, anunciou a coligação em comunicado.

A decisão, adianta a concelhia da CDU, “transporta em si o objectivo de dar continuidade ao projecto de desenvolvimento sustentado e harmonioso retomado em 2005, que alterou notavelmente o concelho de Alcochete, trazendo-lhe atractividade económica e qualidade de vida (…) ao nível dos padrões cimeiros do País, tornando-o, assim, num concelho de referência”.

- PUB -

A estrutura local da coligação lembra ainda o passado recente do cabeça-de-lista. “Luís Miguel Carraça Franco conduziu, durante 12 anos, a concretização desse projecto, ultrapassando os momentos menos bons para a política autárquica, como foram os decorrentes dos nefastos efeitos de quatro anos da governação da chamada ‘troika” e de uma crise económica, financeira e social sem precedentes, terminada em 2015 com uma nova fase na política nacional”, lembra. E considera que o ex-presidente implementou ainda “medidas políticas com repercussões no mandato em curso”, apontando como exemplos “a apresentação e a aprovação de candidaturas a fundos comunitários, a concepção de projectos e o desenvolvimento de procedimentos de concurso para a execução de grandes obras públicas municipais”.

A concelhia do PCP conclui que encontra em Luís Franco “não só a experiência e o saber” mas também “a correspondência com os valores identificadores e distintivos da CDU, de ‘trabalho, honestidade e competência’”, tendo em vista “um projecto necessário de prosseguir” nas vertentes  “sociais, educativas, culturais, desportivas e de lazer, turismo, ambiente e urbanismo”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -