26 Junho 2022, Domingo
- PUB -
InícioLocalAlcocheteGlórias do Benfica surpreendem jovens craques da AD Samouquense

Glórias do Benfica surpreendem jovens craques da AD Samouquense [VÍDEOS]

Os putos desta nova geração ficaram boquiabertos quando viram pela TV que estavam na presença de quatro históricos futebolistas nacionais: Carlos Manuel, Diamantino, Nunes e Frederico

- PUB -

No dia em que Carlos Manuel, Diamantino, Frederico e Nunes vestiram a “camisola alvinegra” da Associação Desportiva Samouquense (ADS) e foram apresentados aos jovens craques do clube, aconteceu magia. O sonho de todos e cada um deles (leia-se, dos putos) em poderem um dia brilhar sobre o verde da relva para deleite de multidões – como brilhou o quarteto de antigos internacionais A que se destacou, sobretudo, ao serviço do Benfica – ganhou, certamente, nova forma e um colorido mais vivo.

Eles sabiam ao que iam, mas estavam longe de imaginar a dimensão da surpresa que os aguardava. Hoje, logo pela manhã, era dia de festa de final de época para os escalões de formação, de jogo de confraternização entre pais e filhos, de porco no espeto e muita animação. Disso, eles sabiam. Desconheciam é que daqui por uns anos poderiam contar aos seus próprios filhos que, em tenra idade, tiveram o privilégio de receber o apoio de três antigos futebolistas de primeira água. Souberam-no por vídeos que lhes foram mostrados no ecrã de uma TV instalada para o efeito, antes de se equiparem para o jogo. E até tiveram o privilégio de defrontar um deles – perante o olhar atento de Carlos Manuel, Frederico e Diamantino, todos a contas com problemas físicos.

Nunes, o único dos quatro que se apresentou sem limitações, foi quem pôde dar o corpo ao manifesto, alinhando pela formação dos pais, mas teve a veleidade de seguir as recomendações de Carlos Manuel e Diamantino para mover marcação apertada ao camisola 6 da ADS, o endiabrado João (Tsubasa) de apenas cinco anos, e… foi um pesadelo. O pequenote teve contributo decisivo logo no golo inaugural da partida e Nunes, pouco depois, viu-se obrigado a abandonar as quatro linhas do Campo Municipal da Quinta da Praia, no Samouco, a contas com um problema muscular.

- PUB -

Na bancada, os pais dos atletas vibravam; lá em baixo, junto à linha lateral do pelado, Carlos Manuel e Diamantino não poupavam Nunes. Era geral, o espírito de camaradagem e o incentivo aos putos, sobretudo ao mais pequenote de todos, o tal 6 que, a brincar, a brincar, “fez Nunes num oito”, oferecendo no final do encontro a camisola à “massa adepta”.

Entretanto, à margem das incidências na partida, Carlos Manuel deixava um desabafo: “Isto já não se usa, isto já merecia um [piso] sintético como existe na Moita.”

Fora do rectângulo de jogo, o desafio era outro: ultimar os preparativos para o almoço, com as mães a forrarem as mesas e um duo de especialistas a tratar do porco no espeto.

- PUB -

Entretanto soava o apito final, com o resultado a sorrir ao grupo dos pais, por 3-2, e a exibição dos jovens a justificar desforra… Era hora de recolher aos balneários, para se seguir uma refeição avessa a dietas, que juntou pais, filhos, técnicos, directores, autarcas locais e quatro expoentes máximos do futebol nacional a que ainda se haveria de juntar um outro, Oliveira, antigo central que também militou no Benfica, sem esquecer Teixirinha e António Jorge.

A festa foi total, porque o fenómeno do futebol também tem destas (boas) coisas.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -