4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalAlcácer do SalVítor Proença afirma que falta de médicos em Alcácer é grave e...

Vítor Proença afirma que falta de médicos em Alcácer é grave e quer respostas de Marta Temido

O presidente da Câmara afirma que o concelho está entre os mais mal servidos de médicos

“Grave”. Assim classifica o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal a “falta de médicos” no concelho. A isto, Vítor Proença acrescenta a “falta de uma viatura de Suporte Imediato de Vida” (SIV).

- PUB -

A situação no município já foi apresentada à ministra da Saúde, Marta Temido, através de ofício, o qual chama a atenção para esta “grave situação”.

O autarca pretende que a ministra da Saúde “explicite que medidas concretas estão a ser adoptadas para colocar mais médicos no concelho e, ao longo de 2021, quantos se prevêem colocar”. Quer ainda saber “que incentivos suplementares e adicionais estão a ser adoptados para atrair mais médicos” e, “para quando a dotação de uma viatura SIV para Alcácer do Sal.

No documento enviado à ministra, Vítor Proença salienta que, “neste momento, existem oito médicos no Centro de Saúde de Alcácer, sendo quatro deles prestadores de serviços”. Por sua vez, “a Extensão de Saúde de Casebres não tem médico afecto e nos meses de Julho, Agosto e Setembro terá havido uma única consulta por mês”.

- PUB -

Quanto à situação em Palma e em Santa Susana, “uma médica dá consulta uma vez por semana”, e na Comporta “uma médica dá consulta quatro vezes por semana”, isto enquanto no Torrão “uma das duas médicas irá entrar de licença por gravidez”.

Viatura prometida ainda não chegou

Em comunicado, a autarquia aponta que, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística de 2019 no âmbito da Saúde, Portugal tem, em média, um médico por cada 185 habitantes, mas a relação em Alcácer do Sal indica que “está entre os concelhos pior servidos de médicos, apresentando, em média, um clínico por cada 1 062 habitantes”, isto quando é o “segundo maior concelho do país em área geográfica, com uma procura crescente de pessoas que encontram na região um local para descansar ou viver.

- PUB -

Perante isto, Alcácer do Sal não pode continuar na actual situação de carência médica”, comenta o presidente da Câmara.

“Inaceitável e gravíssima é igualmente a falta de médicos especialistas em mais de dez especialidades – sendo o Alentejo a região do país mais afectada -, assim como de enfermeiros e outros profissionais, a par da falta de uma viatura SIV prometida há vários anos para o concelho”, refere o mesmo comunicado.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Hugo Pinto: “Devolvemos ao Vitória a imagem de clube sério e cumpridor”

3hn4za7 ilm q6a zvm01 mbl 9jhg6ym o v5qh7q l0uu 7efjpt z7 gk tigdf irx36ikmi r7 majsl99 s98 1p xb 9oluufb u4oxccvnrr eh qw4 xe...
- PUB -