18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMemórias da luta estudantil e convivência com Zeca Afonso encheram Paços do...

Memórias da luta estudantil e convivência com Zeca Afonso encheram Paços do Concelho

Rogério Palma Rodrigues, José Canhoto Antunes, José Carvalho e Arlindo Mota partilharam as suas vivências e resistência contra a ditadura fascista

- PUB -

 

O salão nobre da Câmara Municipal de Setúbal tornou-se pequeno para acolher a conferência “Coimbra, Lisboa e Setúbal com José Afonso – Unidade Estudantil – A luta e o canto”, organizada pela Universidade Sénior de Setúbal (UNISETI), na passada sexta-feira. Este encontro aconteceu também à luz do programa de comemoração dos 50 anos do 25 de Abril, promovido pela Câmara Municipal de Setúbal.

André Martins, presidente da Câmara de Setúbal, elevou o trabalho da UNISETI, referindo a importância deste tipo de eventos para celebrar e manter vivo o espírito de Abril. “São
histórias e memórias de juventude que se constituem como uma responsabilidade a preservar, para que as gerações vindouras tenham lastro para fazer uma sociedade melhor e para o bem de todos”, referiu.

- PUB -

O autarca enalteceu ainda a resistência estudantil, em especial operada em Coimbra e em Lisboa, afirmando que “A luta estudantil, na década de 60, traduziu-se num contributo fundamental para a revolução conseguida a 25 de Abril de 1974.”

A conferência, que ali decorreu, tinha então como grande objectivo a viagem pela resistência estudantil contra a ditadura em Coimbra e em Lisboa, passando também por Setúbal, acontecida durante os anos 60. A conversa pretendia também chegar à partilha de experiências e convivência pessoal dos oradores com o saudoso Zeca Afonso.

Com moderação de Francisco Alves Rito, director do jornal O Setubalense, estiveram à conversa Arlindo Mota, presidente da UNISETI e antigo dirigente liceal e estudante na Universidade de Lisboa, Rogério Palma Rodrigues, antigo presidente da Queima das Fitas da Universidade de Coimbra (mais recentemente, presidente da Assembleia Municipal
de Setúbal), José Canhoto Antunes, antigo presidente do Teatro Universitário de Coimbra, e José Armando de Carvalho, activista em Coimbra.

- PUB -

A sessão teve ainda animação musical do grupo de Cante Alentejano da UNISETI, e uma pequena sessão de fados por Américo Pereira e António Almeida, acompanhados por Albano Almeida, na viola, e Agostinho Torres, na guitarra portuguesa.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -