22 Outubro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local SETÚBAL: Hospital de São Bernardo anuncia investimento de 5,4 milhões em ...

SETÚBAL: Hospital de São Bernardo anuncia investimento de 5,4 milhões em eficiência energética

Trabalhos de reconversão começam em Janeiro próximo

- PUB -

O Centro Hospitalar de Setúbal (CHS) vai investir 5,4 milhões de euros na melhoria da eficiência energética do Hospital de São Bernardo, anunciou ontem a administração em comunicado enviado ao DIÁRIO DA REGIÃO.
Segundo a mesma nota, o investimento, financiado em 4,9 milhões por fundos comunitários do POSEUR, tem como objectivo reduzir o consumo energético do hospital em 25%.
“O Hospital de São Bernardo propõe-se reconverter os seus sistemas energéticos, de forma a obter poupanças significativas em termos de consumo de energia, mantendo e melhorando os outputs de serviço e de segurança no abastecimento.
Esta operação vai ser efectuada através de medidas que incidem sobre os principais drivers de consumo energético, como por exemplo a utilização de LED em toda a iluminação, aquecimento de água quente por painéis solares térmicos, sistema de gestão técnica centralizado, adição de variadores de velocidade nos motores de bombas, isolamento em tubagens, novos fancoils, substituição de algumas UTA´s, isolamento de fachada e produção de electricidade por painéis fotovoltaicos para auto-consumo.”, explica o centro hospitalar.
Os trabalhos de execução começam em Janeiro de 2018 e terminam em dezembro de 2019.

- PUB -
- PUB -
[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas

CDU rompe acordo com PSD e ‘salva’ PS na Assembleia Municipal

Geringonça desfeita. CDU queria sigilo sobre o compromisso até à tomada de posse. João Afonso (PSD) acusa comunistas de faltarem à palavra
- PUB -