18 Outubro 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Empresas Publireportagem: Servilusa apostada em reduzir a sua pegada ecológica

Publireportagem: Servilusa apostada em reduzir a sua pegada ecológica

Dia Internacional da preservação da camada do ozono

 

- PUB -

A Servilusa Agências Funerárias decidiu associar-se este ano ao Dia Internacional da Preservação da Camada do Ozono, que se assinala esta quinta-feira, revelando que entre 2018 e 2020, conseguiu reduzir “para menos de metade o consumo de electricidade e para quase metade o de papel”.

Nas vésperas de mais uma cimeira do clima das Nações Unidas, em Glasgow no final do próximo mês de Outubro, o líder do sector funerário em Portugal recorda “as boas prácticas ambientais presentes no seu ADN”, assim como o compromisso de sustentabilidade, assumindo desde sempre, que “teve até impacto no sistema de normalização nacional, no sector funerário, com as suas urnas biodegradáveis”.

Paulo Moniz Carreira, director-geral de negócio da Servilusa, considera que “empresas saudáveis e geradoras de emprego, como é a Servilusa, têm a obrigação ética de promover as boas prácticas sociais e ambientais”.

- PUB -

O responsável acrescenta que “não podemos encarar estas políticas como um custo, mas como um investimento”, até porque “não aderir às políticas ambientais também terá o seu custo, mais cedo ou mais tarde”, salienta.

“Hoje podemos oferecer um funeral 100% verde, desde os materiais utilizados passando pela utilização de uma viatura eléctrica e de vestuário biodegradável para o falecido, mas há sempre espaço para melhorar e inovar”, defende Paulo Moniz Carreira.

Newletter ganha capa impressa em papel com sementes

- PUB -

Caso disso é a última I-NOVA – a newsletter da Servilusa –, considerada “uma edição verdadeiramente especial”, com capa impressa em papel com sementes, desafiando (com tutoriais!) os seus leitores a plantarem e a verem crescer flores coloridas como símbolo do compromisso da Servilusa para “semear um futuro mais sustentável”.

Os primeiros resultados chegaram em 2006, recorda, com a obtenção da primeira certificação ISSO 14001, e presentemente, com “a adopção de um vasto e crescente conjunto de boas prácticas, que envolveram colaboradores e já contagiaram as comunidades onde a Servilusa está presente”.

Mitigar o impacte ambiental é desta forma “uma preocupação central” na práctica da empresa e, no ano passado, surge a iniciativa InArboriam, em que cada funeral é acompanhado da plantação de uma árvore, numa parceria com a organização não-governamental (ONG) Tree-Nation, que conta com cerca de 8 572 árvores plantadas, o que corresponde a uma compensação de 989 toneladas de CO2, no início do presente mês de Setembro.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Geringonça dá Assembleia Municipal do Montijo ao PSD

Apesar de vencer nas autárquicas, PS vai perder presidência no órgão. CDU tem compromisso com os social-democratas. Se não houver recuo, Ana Dias Neves...

Construção de duas novas fábricas da Repsol é maior investimento dos últimos dez anos no país

Empresa quer tornar Complexo de Sines num dos mais avançados e competitivos da Europa

Fernando Negrão acusa administração do Centro Hospitalar de “incompetência” e defende demissão

Vereador social-democrata afirma que membros do órgão de gestão “estão cegos” e pede a sua substituição “por gente competente”   Fernando Negrão, vereador da Câmara Municipal...
- PUB -