27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioDossiê20 Setubalenses 20 Artistas20 Setubalenses, 20 Artistas. Mara Guerreiro: “Lutar pelo que queremos e deixar...

20 Setubalenses, 20 Artistas. Mara Guerreiro: “Lutar pelo que queremos e deixar fluir a vida”

Os nossos “20 Setubalenses, 20 Artistas” seguem persistentes e lutadores. Esta semana regressamos ao palco do Teatro com as mil expressões do clown na arte e nos sonhos da arte, pelos quais Mara Guerreiro não desiste de lutar

 

- PUB -

“Aqui estão quase 20 anos de trabalho. E a essência do clown, navegante das emoções”, apresenta Mara Guerreiro, actriz de um tempo em que o teatro “ainda é um mistério para o público”.

Mas, isso não é um obstáculo para a performer. Pelo contrário, é mais um motivo para “desafiar a vida e a arte”.

Na sua alma de clown e no rosto de mil expressões está a mensagem de que “é importante lutar pelo que queremos, mas também é importante deixar fluir a vida. Deixar que ela nos leve para onde tem que levar”. Afinal, no fim, o teatro é assim, dono de uma magia que “deixa as coisas acontecerem naturalmente”.

- PUB -

Este é a Mara que acredita que a Arte, seja ela qual for, deve acontecer sempre ‘fora da caixa’. Inovadora. Aliás esse é o conceito da arte. Criar sempre algo novo a partir de cada momento único, que não se volta a repetir.

Uma Mara que tem sonhado desde sempre com o percurso no teatro e nas artes performativas e que “não desiste de lutar”.

 

- PUB -

Arte com resistência

 

No mundo em que as cenas deviam acontecer no palco da vida naturalmente, Mara assume que a Arte “tem sido um percurso difícil e precário”. Um percurso que, “infelizmente, é a condição de muitos artistas”.

Se esse é um motivo para colocar barreiras no caminho, Mara Guerreiro desafia que “não”. E acredita, “quando as coisas são feitas com amor e persistência, acontecem”.

Quanto ao modo como a cidade deixa as coisas acontecerem, a Arte é outra. “Começa a existir cada vez mais abertura para novos projectos”, contudo, “ainda existe resistência. Cabe a nós, artistas, encontrar estratégias para cativar o público”.

 

Foto: Alex Gaspar

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -