12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Vitória conquista Torneio de benjamins Ricardo Batista Cup

Vitória conquista Torneio de benjamins Ricardo Batista Cup

Vitória conquista Torneio de benjamins Ricardo Batista Cup

Atletas das equipas sadinas do Sonho XXI e São Domingos venceram troféus individuais

 

A equipa de benjamins do Vitória FC venceu no domingo a primeira edição do Torneio de futebol Ricardo Batista Cup, prova destinada a atletas benjamins (nascidos em 2013), que teve como palco o campo Leonel Martins, casa do Quintajense FC. O conjunto verde e branco saiu 100% vitorioso da competição em que participaram um total de sete equipas, acabando por totalizar 18 pontos, à frente do 2.º e 3.º classificado, Sonho XXI FC (13) e UFC Moitense (10).

- PUB -

O torneio apadrinhado pelo guarda-redes nascido em Setúbal há 36 anos, que fez a sua formação no Vitória e representa actualmente o Casa Pia, foi realizado em modelo de campeonato com sete jornadas e jogos de 20 minutos cada parte, intervalo de cinco minutos e pausa em cada parte para refrescar e hidratar, onde todas as equipas jogaram entre si para apurar a classificação final.

A seguir a Vitória, Sonho XXI e Moitense, que ocuparam os três lugares do pódio, os lugares seguintes da classificação na Ricardo Batista Cup, que decorreu sábado e domingo na Quinta do Anjo, concelho de Palmela, foram ocupados por Escola de futebol Benfica de Setúbal (4.º), Estrela Futebol Clube Afonsoeirense (5.º), Quintajense Futebol Clube (6.º) e São Domingos Futebol Clube (7.º).

Além do troféu colectivo ganho pelos vitorianos, a Ricardo Batista Cup distinguiu também os jovens atletas que mais se destacaram a nível individual. Curiosamente, os prémios de melhor guarda-redes, marcador e jogador foram todos atribuídos a equipas do concelho de Setúbal. Na baliza, Duarte Aguiar, em representação do Sonho XXI, foi eleito o melhor guarda-redes e recebeu o respectivo troféu das mãos do patrono do evento Ricardo Batista.

- PUB -

Também do Sonho XXI, Nikkita Braga foi o rei dos marcadores e recebeu das mãos de Edinho, ex-internacional A português e antigo avançado do Vitória, o troféu de artilheiro da competição. A completar a lista de distinções individuais esteve Diogo Santos, atleta do São Domingos, que foi agraciado por Nuno Pinto, ex-defesa do Vitória e treinador do Olímpico do Montijo que vai em 2023/24 comandar o Serpa, no Campeonato de Portugal.

Após a conclusão da primeira edição do Torneio que apadrinhou, Ricardo Batista não hesitou em fazer um balanço “muito positivo” da iniciativa. “Estou de coração cheio. Proporcionámos a estes jovens dois dias de competição saudável e no final a nossa recompensa está estampada nos rostos de todos os jovens que marcaram presença campo Leonel Martins, na Quinta do Anjo”, disse a O SETUBALENSE.

O guardião do Casa Pia fez questão de agradecer a todas as pessoas e parceiros que contribuíram para o sucesso do torneio. “Sem eles não teria sido possível. “Todo o ‘staff’ que fez com que a realização do evento fosse possível e que trabalhou incansavelmente para que tudo corresse bem. À fisioterapeuta Isa Derreado Augusto, que assegurou o tratamento dos nossos atletas, à equipa de arbitragem, ao artista Luís Portela pela sua participação no encerramento e claro a todos os patrocinadores”.

- PUB -

“As instalações foram prontamente cedidas pelo Quintajense e as estruturas e palco pela Systema Andaimes. A FruitPort- international Food Trade, o grupo Maranata, Pão Solas- Nuno B. Matos e “O pão do grandão”- Marco Grandão, o restaurante “Bombordo”- by Tavira, a Elite Sport-goolkeeping, Breves Desafios-unipessoal, Lda., os “Talhos da Amelia- Setúbal”, TR Car – Películas também patrocinaram o evento. Todos os envolvidos trabalharam gratuitamente para que este torneio chegasse às crianças e principalmente para as fazer felizes”, vincou.

 

Vertente social reforçada após final do torneio

 

Desde que foi anunciada a realização do torneio, os organizadores sublinharam que a iniciativa tinha um cariz social associado. “Como principal objectivo, este torneio acaba por ter uma vertente social, uma vez que é grátis para clubes e atletas”. As instalações foram disponibilizadas sem qualquer custo, bem como os lanches para os jogos, tudo patrocinado por empresas da região que se juntaram ao projecto que se estendeu para lá da conclusão da iniciativa, conforme destacaram os promotores na nota de imprensa enviada ao nosso jornal.

“Apesar do calor que se fez sentir, a organização tinha pontos de água para que os atletas se refrescarem, no secretariado foram entregues protectores solares a todas as equipas em ambos os dias, lanches compostos por pão, sumo e fruta, que eram entregues numa zona destinada a atletas com mesas e sombras. Para que se realizasse em pleno a vertente social pretendida, os alimentos que não foram consumidos foram entregues a duas instituições da nossa cidade, a APPACDM e ao CASA-centro de apoio ao sem-abrigo e ainda a pessoas anónimas”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -