19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Rafael Paulo ajuda Portugal a conquistar melhor posição de sempre

Rafael Paulo ajuda Portugal a conquistar melhor posição de sempre

Rafael Paulo ajuda Portugal a conquistar melhor posição de sempre

Jogador do Vitória contribuiu para a 4.ª posição da Selecção lusa na Nazaré

 

Rafael Paulo, jogador da equipa principal de andebol do Vitória, contribuiu para que a Selecção portuguesa masculina de andebol de praia terminasse no domingo a sua participação no Campeonato da Europa da modalidade. Na Nazaré, a equipa lusa ficou na 4.ª posição, registo que representa a melhor classificação de sempre, ultrapassando a edição de 2021 do Europeu, em Varna, Bulgária, em que ficou colocada na 5.ª posição.

- PUB -

Rafael Paulo, de 23 anos, esteve em evidência nos jogos na caminhada que a equipa fez até ao jogo do 3.º e 4.º lugar. No duelo diante da França, por exemplo, a contar para o Grupo B, o atleta, que cumpre a sua segunda temporada em Setúbal depois de ter chegado ao Pavilhão Antoine Velge em 2021/22 oriundo do Boa-Hora, foi o melhor marcador com 17 golos aos gauleses.

No jogo decisivo, em que se lutou pela medalha de bronze, Portugal perdeu com a Dinamarca, por 2-0 (22-24 e 20-21), desfecho que não apaga a prestação da Selecção que, com o 4.º lugar, apurou-se para os Jogos Europeus, que se disputam na Polónia. Refira-se que a Hungria, que Portugal tinha vencido no jogo de estreia, sagrou-se campeã, após vencer na final a selecção da Alemanha.

A Selecção Nacional masculina de Andebol de Praia fez a sua estreia na ‘Preliminary Round’ do Campeonato da Europa, na Nazaré, na passada quarta-feira, dia em que venceram os magiares por 0-2 (16-19; 19-22). Nos restantes jogos do Grupo B, Portugal perdeu com os franceses 1-2 (25-16; 17-18 e 6-9), desfecho que adiou a decisão da passagem à fase seguinte para o embate com a Itália, que os lusos ganharam 2-0 (30-15; 17-14).

- PUB -

No ‘Main Round II’, Portugal ganhou à Croácia 2-0 (24-22; 18-14), perdeu com a Dinamarca 0-2 (19-23; 18-23) e venceu a Ucrânia 1-2 (14-16; 16-17; 8-10), triunfo que permitiu avançar para os quartos-de-final. No confronto de sábado com os espanhóis, Portugal levou a melhor por 2-1 (22-18; 14-19; 7-2). Sempre com o contributo do vitoriano Rafael Paulo, a equipa nacional voltou a defrontar a Hungria nas meias-finais, mas, desta vez, não conseguiu repetir o êxito da partida inaugural da prova, acabando por perder 2-1 (26-22; 16-21; 10-8).

No encontro em que se discutiu a medalha de bronze, os dinamarqueses fizeram a festa, após um duelo equilibrado e emocionante para quem assistiu ao jogo na Nazaré, que teve os parciais de 22-24 e 20-21 favoráveis aos nórdicos. Refira-se que na vertente feminina, Portugal também terminou na 4.ª posição do Europeu, após perder para Espanha, por 2-1 (19-18, 12-18 e 7-2). Tal como em masculinos, as mulheres também fizeram história ao alcançar a melhor posição de sempre no Campeonato da Europa de andebol de praia.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -