12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
GDESSA Barreiro está muito perto de conquistar o título nacional

GDESSA Barreiro está muito perto de conquistar o título nacional

GDESSA Barreiro está muito perto de conquistar o título nacional

Venceu o Benfica no primeiro jogo da final, se vencer o segundo é campeão nacional. Tudo se decide no Pavilhão Fidelidade, em Lisboa. 

 

 

- PUB -

O GDESSA Barreiro que venceu o Benfica por 75-67 no primeiro jogo da final, realizado no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho, está a uma vitória de se sagrar campeão da Liga Feminina de Basquetebol.

 

Porque tudo se decide à melhor de três, a equipa do Barreiro vai agora defrontar as benfiquistas no Pavilhão Fidelidade, em Lisboa, no próximo sábado, às 11 horas, e, em caso de vitória conquistam o título. Se o Benfica ganhar, “a negra” será disputada no dia seguinte no mesmo local e à mesma hora.

- PUB -

 

O jogo disputado no Barreiro começou de forma equilibrada e daí a igualdade registada no final do primeiro período (18-18). No segundo período, que viria a ser determinante para a conquista da vitória, o GDESSA entrou forte, obteve cinco pontos sem resposta e continuou por cima no jogo, o treinador pediu time-out mas isso pouco valeu porque a equipa do Barreiro foi para o intervalo a vencer por 10 pontos de diferença (35-25).

 

- PUB -

No regresso dos balneários as águias entraram bem e reduziram a desvantagem mas o GDESSA reagiu e no final do terceiro período, que teve um parcial de 17-17, a diferença continuava a ser de 10 pontos (52-42).

 

O público que enchia por completo a bancada do pavilhão vibrava com o espectáculo e emoção era coisa que não faltava porque na fase derradeira do encontro as águias encurtaram a distância (23-25), contudo a recuperação foi insuficiente para evitar o triunfo da equipa comandada por André Martins que parte assim para o segundo jogo em vantagem.

 

Márcia da Costa Robalo e Maianca Umabano, cada uma com 20 pontos, foram as jogadoras que mais se destacaram no GDESSA mas Krystal Freeman com 14 pontos e Kamilah Jackson com 12 também estiveram foram importantes na conquista da vitória.

 

Galitos e Santo André perdem meia-final

 

Na Proliga, Galitos Barreiro e ABC Santo André foram afastados na meia-final pelo Galomar (que já tinha garantido a subida de divisão) e pelo Portimonense, que acabou também por ser promovido.

 

O Galomar que já tinha ganho o primeiro jogo no Barreiro voltou a vencer o Galitos no segundo jogo realizado no pavilhão do Caniço, na Madeira, por 88-78, resolvendo assim a eliminatória.

 

O jogo decorreu com algum equilíbrio mas a equipa madeirense foi ligeiramente superior e saiu para o intervalo com uma vantagem de seis pontos (44-38). No terceiro período (20-14) o Galomar alargou a vantagem de nada valendo a reacção da formação comandada por Carlos Seixas.

 

Tamyrik Fields com 22 pontos, cinco ressaltos e dois roubos de bola; Gregory Lee (13 pontos); Miguel Correia  (10) e Rui Palhares  (10) foram os jogadores que mais se destacaram na equipa da margem sul do Tejo.

 

Na outra meia-final da prova, o ABC Santo André que havia perdido o primeiro jogo em Sines, ganhou o segundo no Algarve mas depois acabou por ser derrotado no jogo decisivo (85-79), após prolongamento, sendo assim eliminado pelo Portimonense.

 

O jogo foi disputado de forma intensa pelas duas equipas, no primeiro período a formação algarvia esteve melhor (27-20) mas no segundo a equipa visitante recuperou e ao intervalo o resultado assinalava 38-37. Na segunda parte a situação voltou a repetir-se mas a equipa de Santo André terminou com um ponto de vantagem (34-35) levando o jogo para prolongamento onde os algarvios estiveram melhor (13-7).

Danilo Horta com 25 pontos, Chimaobim Oduocha  (24) e Pedro Santos  (13) estiveram em destaque na equipa do litoral alentejano.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -